Banner 1

JC Agora

Rússia 2018 - B, Forças da Península Ibérica, Marrocos e Irã


Pessoal, continuando a cobertura da Copa do Mundo 2018, que será realizada na Rússia que começará na próxima quinta-feira (14). Neste artigo será realizada a análise do Grupo B, que possui duas das seleções mais fortes desta Copa do Mundo, a princípio, Portugal e Espanha. Os outros duas seleções do grupo, lutarão para causar alguma surpresa, são IrãMarrocos.

Fonte: FIFA.com

Portugal vem credenciada como a seleção campeã da última Eurocopa e ocupa a 4ª colocação no ranking da Fifa. Portugal foi a líder do Grupo B, das eliminatórias europeias, disputando o grupo ponto a ponto com a Suiça, tendo 9 vitorias e uma derrota. A seleção vem para sua sétima Copa do Mundo e busca superar sua melhor campanha, o 3º lugar do Mundial de 1966. O técnico Fernando Santos tem um bom elenco a disposição e sua grande estrela, é claro, o melhor jogador do mundo das últimas duas temporadas, Cristiano Ronaldo, do real Madrid, que busca marcar um gol, para ter marcado gols ao menos em 4 copas do Mundo. 

Fonte: FIFA.com

A outra força da península ibérica é a Espanha, 10ª colocada no ranking da Fifa. A seleção espanhola chega a sua 15ª Copa do Mundo. A Espanha liderou o Grupo G, das eliminatória europeias, classificando de forma invicta, com 9 vitórias e um empate. A seleção busca repetir o feito de 2010, quando conquistou o título. A Fúria tem uma equipe muito técnica, com um sólido sistema defensivo. O treinador Julen Lopetegui formou uma grande equipe, que tem muitos bons nomes e eu diria que Iniesta, agora do Vissel Kobe, é o grande nome desta seleção e este será o último mundial dele, então devemos nos saborear com toda a técnica deste grande jogador.

Fonte: FIFA.com

O Irã, é a 37ª no ranking da Fifa e vem para tentar surpreender neste grupo. Os iranianos chegam a sua quinta Copa do Mundo e buscará um feito inédito, que é o de passar as oitavas de final. Nas eliminatórias asiáticas, na 2ª fase, o Irã foi líder do Grupo D, com 20 pontos, com seis vitórias e dois empates e na 3ª fase, foi líder do Grupo 1, com 22 pontos, tendo 6 vitórias e 4 empates, chegando assim de forma invicta a Copa do Mundo. O técnico é o mesmo da última Copa, o português Carlos Queiroz, que já vem fazendo bom trabalho na seleção. O grande jogador da equipe é o atacante Sardar Azmoun do Rubin Kazan, que se sentirá em casa, pois joga por um clube russo.

Fonte: FIFA.com

O Marrocos é a pior seleção do grupo no ranking da Fifa, sendo apenas a 41ª colocada. Na segunda fase das eliminatórias africana, o Marrocos eliminou a Guiné Equatorial, vencendo a primeira partida, por 2 a 0 e sendo derrotado na segunda, por 1 a 0. Na terceira fase, o time liderou o Grupo C, classificando-se de forma invicta, com 3 vitórias e 3 empates. O Marrocos chega a sua 5ª Copa do Mundo e retorna após 20 anos. O treinador é Hervé Renard, que tem larga experiência com seleções africanas, conquistando por duas vezes a Copa das Nações Africanas, com Zâmbia e Costa do Marfim e consegui recolocar o Marrocos na Copa do Mundo. O grande nome do time é o zagueiro Benatia da Juventus.

Neste Grupo B da Copa do Mundo, teremos em tese, a grande partida desta primeira fase da Copa do Mundo, que ocorrerá na próxima sexta-feira (16), em Sochi, entre Portugal e Espanha. Se não tivermos nenhuma surpresa, esta partida tem tudo para decidir a liderança do grupo, e as rodadas subsequentes, apenas servirão para que Portugal e Espanha e confirmem o favoritismo e avancem rumo as oitavas de final. Irã e Marrocos, não acredito que possam fazer frente as seleções da península ibérica. Aqui se a tendência é de que as seleções europeias rumem as oitavas.

Nenhum comentário