Banner 1

JC Agora

Libertadores - Analisando as Oitavas



Amigos! Hoje o assunto são os confrontos da Libertadores sorteados nesta segunda (4) pela Conmebol e que agitarão o futebol Brasileiro e sul-americano após a Copa, falaremos também sobre os confrontos do Brasileiro na Sulamericana, que tem seis times brasileiros vivos na disputa da fase 16 avos de final. Claro que é difícil projetar o cenário antes das mudanças que devem ocorrer nos clubes com a a abertura da janela europeia (com certeza ao longo do texto vocês lerão isso mais vezes) mas vamos fazer juntos esse exercício e tentar nos aproximar do que possa acontecer na próxima e nas fases seguintes, visto que não há mais sorteio, está tudo chaveado.


Racing/ARG x River Plate

Em situação normal, pelo desempenho, pela qualidade demonstrada pelo time, eu qualificaria apesar da maior tradição do River, o Racing como favorito. Porém como já está definida a saída do grande craque do time mandante da ida, Lautaro Martinez, penso que o favoritismo se reverte e passa ao River que decide em casa, apesar desse fator pra mim não ter importância decisiva, se na ida em casa uma vantagem for estabelecida a pressão na volta é enorme. 


Independiente x Santos

Vejam, na WebRádio onde trabalhei ano passado comentei as duas partidas da decisão entre Flamengo x Independiente, naquela oportunidade pela Sulamericana e pude constatar a qualidade do time comandado por Holan, que conseguiu manter sua base para esta temporada. 

Com todos os problemas que temos visto no Santos, problemas estes de cima pra baixo, um elenco limitadíssimo que interfere no trabalho de Jair Ventura, infelizmente apesar da presença da esperança solitária Rodrygo, considero o time argentino bastante favorito neste confronto. 


Estudiantes x Grêmio 

O time de La Plata não teve uma participação convincente na fase de grupos, chegou a ser derrotado pelo Santos em seus domínios (com um gol irregular, é verdade) e decepcionou em linhas gerais. Porém conseguiu a classificação com uma grande atuação na última partida, é uma equipe que pode crescer no momento decisivo. 

Ainda assim, no cenário de HOJE (vamos ver se o time consegue conservar seu elenco), o Grêmio é o franco favorito, assim como o chaveamento o coloca como favorito também nas quartas, a semifinal é que pode ser pedreira, encarando um argentino. 


Atlético Tucuman/ARG x Atlético Nacional/COL

O Tucuman é um time muito perigoso e não pode ser totalmente descartado, mas neste duelo, a respeitar a tradição e a liderança em seu grupo, o time colombiano é o favorito. Claro que muitas mudanças ocorreram daquele time campeão da competição para este, por isso a expectativa é de um Grêmio em passando pelo Estudiantes ser favorito neste possível confronto de quartas. 



Colo-Colo x Corinthians

Vejam, o Colo-Colo é um time tradicional, passou em segundo na chave do Atlético Nacional, com as calças na mão, tendo o Bolivar na sua cola, mas é um time perigoso, que tem em Valdívia (que incrivelmente tem jogado futebol em sua terra natal) o grande destaque e vai se reencontrar com seu rival dos tempos de Palmeiras. 

Pudemos observar na temporada passada, na Sulamericana e também na Copa do Brasil, a fragilidade do Corinthians atual em competições mata-mata fora do âmbito estadual, mas ainda assim, o Colo-Colo não tem a qualidade do Racing, o time chega para este duelo com favoritismo leve. 

No cenário de quartas é o clássico contra o Palmeiras, aí há dois lados da questão, na Libertadores há duas décadas atrás o Verdão foi o grande carrasco que impediu uma geração fantástica do alvinegro de vencer a competição. Porém se olharmos para os dias atuais, o Palmeiras tem tido enormes dificuldades em mata-mata contra o Corinthians, tem tudo para ser um grande jogo. 

Imaginando que o Corinthians volte a vencer o Palmeiras em um duelo mata-mata, o cenário de semifinal é muito difícil, o time precisará demonstrar muita superação para superar, sobretudo se o adversário for um dos três favoritos ao posto. 


Cerro Porteño x Palmeiras

Apesar do time paraguaio ter talvez a sua melhor geração nos últimos anos e ter conseguido a classificação com folga, apenas um ponto atrás do Grêmio vencendo as duas contra o bom time do Defensor/URU, o Palmeiras no meu entendimento se deu bem com este confronto, é o grande favorito, com o elenco e o investimento que o Verdão fez é impossível imaginar o time hoje comandado por Roger Machado (espero que este consiga trabalhar e siga comandando o time) sendo eliminado nesta fase, para este adversário, mesmo com alguns jogadores rendendo menos do que podem e com a janela abrindo. 

Aí analisamos o cenário de quartas, tecnicamente falando, o time do Palmeiras é evidentemente superior ao do Corinthians, porém isso não tem sido decisivo nas últimas disputas entre as duas equipes. Como disse acima, tem tudo para serem dois duelos fantásticos, para superar o adversário, o Palmeiras terá de controlar o aspecto emocional, seja na tentativa antes mesmo de a bola rolar de jogar a responsabilidade de um eventual resultado de derrota na arbitragem, seja nas bravatas de "líderes" do elenco como Dudu e Felipe Melo e por fim, mas fundamental, na forma como o time vai reagir a um possível momento de adversidade. Se tiver este equilíbrio, o favoritismo é verde. 

Assim como acima, imaginando um cenário de semi, o Palmeiras tem claramente um material humano que o credencia mais a vencer o desafio de semifinal que o seu rival. 


Flamengo x Cruzeiro

O confronto de prognóstico mais difícil dessa fase, o Cruzeiro tem uma expectativa maior de perda de atletas que o Flamengo, os nomes decisivos que o time rubro-negro tem devem permanecer no elenco, já no Cruzeiro De Arrascaeta por exemplo pode sair, em compensação, o time celeste já foi mais experimentado e tem um treinador acostumado a decidir. Enquanto Barbieri (o qual espero que continue no comando após a Copa) terá seu primeiro grande desafio como treinador, é muito complicado. 

Dou 50% pra cada lado, pois se o Mengo tem mais peças que podem decidir, mesmo com a perda de Vinícius Jr, o Cruzeiro tem a tática, a organização e o costume de decidir a seu favor. 


Boca x Libertad/PAR

O Boca também deve ter perdas nesta janela, mas ainda assim apesar da campanha monumental do time paraguaio na fase de grupos, algo que precisa ser devidamente respeitado e valorizado, o favoritismo do time argentino é enorme, mesmo com a possível perda de Pavon, seu grande destaque. 

Boca é Boca, há que se respeitar, mas vejo o time mais frágil nesta que em outras temporadas, ou seja, um adversário mais acessível na fase de quartas, ou mesmo de semifinal. 


Copa Sulamericana

Falando dos confrontos dos Brasileiros, apesar de o Colón ser um clube argentino e o Tricolor já ter amargado eliminação para o Defensa y Justicia outrora, em vencendo o trauma de jogos decisivos e com a organização tática que Aguirre deu ao time, não há como não imaginar o São Paulo favorito neste duelo, mesmo decidindo fora. 

O Nense é muito bem treinador por Abel Braga, ainda assim o Defensor/URU é um time perigosíssimo, os vejo como favoritos. O Fogo tem um treinador promissor, porém um time limitadíssimo, o Nacional/PAR porém não é nenhum bicho papão, tenho esperança de que passem os cariocas. Já para o Vasco, que perdeu o seu grande nome, que era Zé Ricardo, vejo uma situação dificílima, a LDU é a grande favorita. Mesma situação do Atlético/PR, um cenário menos duro que o do Vasco, mas ainda assim, o favoritismo é do Peñarol no duelo. 

Por fim, eu não entendi a demissão de Guto Ferreira no Bahia, ele que voltou há pouco tempo e classificou o time ante o Blooming com goleada, deu duas porradas no Vasco, era nítido que o time se ajustaria. Erro diretivo a parte, quero crer que o Bahia seja ainda favorito ante o Cerro/URU. 



E para vocês, quem são os favoritos? Vamos debater, mantendo sempre o respeito! 



Curta nossa página: Jovens Cronistas! (Clique)




2 comentários:

  1. Libertadores

    River Plate
    Independiente
    Gremio
    Atletico Nacional

    Corinthians
    Palmeiras
    Cruzeiro
    Boca Juniors

    Sulamericana
    São Paulo
    Fluminense
    LDU
    Botafogo
    Penarol
    Cerro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ter tamanha convicção no palpite assim em Mengo x Cruzeiro.

      O Nense pega o Defensor, é um time muito forte no cenário uruguaio, sei não. Já o Cerro do Uruguai não assusta, o Bahia destroçou o Blooming, acho que o nível é semelhante. Valeu!

      Excluir