Entre os dias 19 e 20 de Novembro de 2017, aconteceram os jogos válidos pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Com o título já garantido, o Corinthians perdeu a chance de vencer todos os times na competição, mas nada que diminua a alegria dos torcedores. Na parte de cima, os cinco primeiros colocados permaneceram-se os mesmos e Flamengo e Botafogo trocaram de posições na 6ª e 7ª colocação respectivamente. Na parte de baixo, os 5 últimos também continuaram iguais, e ao que parece será apenas uma vaga para se salvar, visto que o Atlético-GO está rebaixado. Na artilharia, disputa acirrada. Após ser ultrapassado na última jornada, Henrique Dourado marcou na vitória do Flu e empatou novamente com Jô. Ambos têm 18 gols. O Galo, com a bela vitória no Horto, subiu três posições na tabela e agora é o 8º, brigando diretamente pela vaga na Libertadores de 2018.




No clássico das duas maiores torcidas do país, o Corinthians campeão, foi ao Rio, visitar o Flamengo, brigando pela Libertadores, na Ilha do Urubu. Com um time alternativo e poucos titulares em campo, o Timão apresentou um futebol muito longe do que fez com que fosse campeão nacional. O Fla se aproveitou disso e ainda no primeiro matou o jogo fazendo 3 a 0 no adversário. Mancuello, abriu o marcador em belo chute no ângulo de Cássio aos 20 minutos. Aos 32, Diego converteu pênalti sofrido por Geuvânio (o lance foi duvidoso) e ampliou. E aos 45 minutos, o garoto Felipe Vizeu, personagem da tarde, fez o terceiro. O camisa 47 do Mengão teve destaque principalmente pela troca de agressões com o zagueiro Rhodolfo, instantes anteriores, na área rubro-negra. No gol, o atacante fez um gesto obsceno para companheiro de time, acirrando os ânimos na saída do vestiário. Ao fim da partida, porém, os dois deram entrevista juntos e ao que parecem se perdoaram. Melhor para o Flamengo. Pela WebRádio Gol & Rock (clique) o nosso cronista Adriano Garcia comentou a partida ouça na íntegra em nosso canal no Youtube (clique)



No Pacaembu pela última vez no ano, o Tricolor do Morumbi recebeu o em queda Botafogo e ambas as equipes mantiveram a pouca inspiração das últimas partidas. 

A partida representava um confronto direto por uma vaga na Liberta. Cada equipe começou melhor uma etapa, e na segunda, apesar de o Bota iniciar em cima, os dois times se equivaleram no decorrer do tempo, com o Tricolor terminando o jogo melhor, ainda mais depois da entrada de Cueva. O empate deixa o sonho de G-7 quase impossível para o São Paulo, enquanto o Bota se vê cada vez mais ameaçado na busca por manter a vaga até então ocupada. Confira a análise sob a ótica Tricolor por JP Silva (Clique)



No clássico nordestino entre dois campeões nacionais, o Sport e Bahia se enfrentaram com objetivos e fases antagônicas na tabela de classificação.

Na Ilha do Retiro, Marquinhos marcou o gol da vitória dos donos da casa, aos 40 minutos do primeiro tempo. O jogo vinha sendo equilibrado até o momento do gol, com leve superioridade do Sport. O mesmo panorama foi mantido, assim como o placar, e com as equipes se alternando no domínio do jogo, Jean ainda acertou a trave para o Tricolor. O goleiro pretendido pelo São Paulo para a próxima temporada mostrou ter potencial de uma forma que os torcedores são paulinos conhecem bastante. O resultado representou a primeira vitória após três revezes para o Sport e a primeira derrota após 6 jogos para o Bahia. O time pernambucano no entanto, ainda ocupa a Zona de Rebaixamento, na 18ª colocação.



No Barradão, em Salvador, o Vitória recebeu o Cruzeiro tentando permanecer fora do Z-4, e conseguiu. 
O time da casa mais necessitado dos três pontos, foi para cima e em cobrança de pênalti abriu o placar com David, aos 21 minutos. Daí em diante os visitantes foram em busca do empate e criaram ótimas oportunidades, com direito até a bola na trave de Henrique. O empate só veio no segundo tempo, quando o Vitória recuou e permitiu que o seu adversário crescesse na partida. Aí foi fatal. Logo após acertar a trave com Bryan (autor do pênalti dos baianos), Alisson acertou um lindo peixinho para empatar a partida. No fim, o Vitória ainda pressionou em busca do segundo gol, mas não obteve êxito. 
Com o empate o time cruzeirense se mantêm no G-5, mas se vê ameaçado principalmente pelo Flamengo, com três pontos a menos. 



No Estádio Olímpico de Goiânia, o quase rebaixado Atlético Goianiense recebeu a Chape. As duas equipes vêm de bom momento na competição. No primeiro tempo, os donos da casa se mostraram dispostos a lutar contra todas as probabilidades e criaram pelo menos três boas oportunidades para abrir o placar. 

Porém, quem saiu na primeira etapa como vencedor foi a Chape. Isso porquê, aos 35 minutos, Túlio de Melo aproveitou cobrança de escanteio de Reinaldo e abriu o marcador. A Chapecoense começou o segundo tempo melhor em busca de ampliar o placar. Após isso o Dragão equiparou a partida e foi premiado aos 45 minutos. O empate teve gosto de derrota para o Verdão do Oeste e não adiantou muita coisa ao Atlético-GO. O que parecia questão de tempo se concretizou. O Atlético teve seu rebaixamento para a Série B do ano que vem confirmado. Mas é preciso ressaltar a boa campanha do time no returno, "caiu de pé". 



Na Vila mais famosa do mundo, (como diria Milton Neves) o Santos encarou os reservas do Grêmio, envolvido na final da Libertadores, no meio de semana. Em busca da quebra da sequência negativa de três partidas, o time santista tinha o cenário ideal para vencer. Apesar disso, os gaúchos começaram melhor, mesmo com os reservas, acertando inclusive a trave de Vanderlei. No entanto, aos 31 minutos, Copete recebeu bola de Vecchio e fez o gol da partida. Nem assim, os donos da casa tiveram tranquilidade e o Tricolor gaúcho buscava o empate a qualquer custo, porém as melhores chances eram santistas. Para o time gaúcho, ficou a reclamação de um pênalti não marcado no segundo tempo. A vitória santista serviu para que o peixe encostasse no próprio Grêmio e no rival Palmeiras. Ainda por cima, garantiu o time da vila na edição de 2018 da Copa Libertadores.



Em Belo Horizonte, no Independência, o Atlético local, recebeu o Coritiba. Deixando de lado a sina de maus jogos feitos em casa na temporada, o Galo contou com uma noite inspiradíssima de Otero para golear o Coritiba e entrar de vez na briga pela Libertadores (que já pode ser alcançada caso Flamengo ou Grêmio vençam, Sulamericana ou Libertadores, respectivamente).

O venezuelano começou o seu show particular logo aos 4 minutos de jogo, em chute de fora da área no cantinho de Wilson. Leonardo Silva ampliou aos 14', após cruzamento de Marcos Rocha. E aos 30', a obra de arte. Do meio de campo, Otero viu o goleiro do Coritiba adiantado e mandou dali mesmo para fazer um gol antológico.No segundo tempo, as equipes pareciam cientes de que o jogo já havia sido definido. Só no finzinho da partida que Henrique Almeida teve duas chances, mas sem maiores resultados. Nem precisaria de segundo tempo.A derrota interrompeu a boa sequência do Coxa, na busca pela permanência na Série A. No entanto, o time é o 15º colocado, quatro pontos acima do Z-4. '



Na Arena da Baixada, o Clube Atlético Paranaense venceu o Vasco e iniciou uma possível retomada na busca pela Libertadores pelo segundo ano consecutivo. Aos 15 minutos, Thiago Heleno abriu o placar para o Furacão. Outro zagueiro do Atlético marcou, mas dessa vez contra, Wanderson, aos 17'. Douglas Coutinho, aos 18 minutos do segundo tempo colocou o time da casa novamente na frente. E aos 23', Fabrício deu números finais a partida. O time carioca mais nada pôde fazer. Há muito tempo sem ser derrotado, mas pela terceira vez sem vencer, o Vasco perdeu a chance de roubar o lugar do rival Botafogo no G-7. 



Nesta Segunda-feira (20), no Maracanã, em duelo direto contra o Z-4, o Fluminense voltou a vencer, dificultou a vida da Ponte Preta e se livrou matematicamente do perigo de rebaixamento. O jogo era sonolento no primeiro tempo até um lance que começou a definir o duelo. Aos 30 minutos, Naldo foi expulso de forma polêmica por Anderson Daronco por duas faltas no mesmo lance.

O volante da Macaca acertou dois carrinhos na sequência da jogada e foi estranhamente advertido com dois cartões amarelos, seguido de vermelho "inédito". Apesar disso, o Flu só conseguiu tirar proveito da vantagem numérica na segunda etapa, muito pela entrada do menino Matheus Alessandro que deu mais agudez ao time, Douglas marcou o primeiro gol do jogo, aos 14 minutos. Então, os donos da casa tinham o jogo bem controlado. Aos 41', o artilheiro Dourado ainda deixou o dele. Final, 2 a 0 para o Fluminense. Este jogo também teve transmissão em parceria com a WebRádio Gol & Rock (clique) com Adriano Garcia nos comentários, ouça a íntegra da transmissão em nosso Canal no Youtube (clique)



No encerramento da rodada, o Palmeiras foi até a Ressacada enfrentar o Avaí em busca da terceira vitória consecutiva. Quem começou chegando mais perto do gol foram os paulistas, que acertaram a trave com Tchê Tchê. Após isso, dois pedidos de pênalti, um para cada lado e os dois negados pelo juiz Ricardo Marques Ribeiro.

No segundo tempo, porém, foi inevitável. Prass derrubou Maurinho. Na cobrança, o veterano Marquinhos cobrou com maestria e abriu o placar, aos 14 minutos. Três minutos após o primeiro, veio o segundo com o garoto Lourenço, que havia acabado de entrar. Foi o primeiro gol como profissional do jovem atleta. De tanto insistir, o Palmeiras ainda diminuiu com Keno, após rebote no chute de fora da área de Dudu (quem mais procurou o jogo pelo lado alviverde), aos 30'. Porém, foi só e os catarinense garantiram a vitória em casa. Com o resultado, o Avaí se mantém firme na luta contra a degola. O Verdão, por sua vez, perdeu a chance de assumir a vice-liderança da competição. Confira a visão Verde do duelo por Léo Carrazza (Clique) e a transmissão completa com os comentários de Léo Carrazza pela WebRádio Gol & Rock (clique) em nosso Canal no TouTube (Clique)



36ª Rodada

Domingo, 20/11:
Flamengo 3x0 Corinthians
SPFC 0x0 Botafogo
Sport 1x0 Bahia
Vitória 1x1 Cruzeiro
Atlético-GO 1x1 Chape
Santos 1x0 Grêmio
Galo 3x0 Coritiba
CAP 3x1 Vasco


Segunda, 21/11:
Fluminense 2x0 Ponte  
Avaí 2x1 Palmeiras

Classificação


1
Corinthians71
2Grêmio61
3Palmeiras60
4Santos59
5Cruzeiro56
6Flamengo53
7Botafogo52
8Atlético-MG50
9Vasco50
10Bahia49
11Atlético/PR48
12Chape48
13São Paulo46
14Fluminense46
15Coritiba43
16Vitória40
17Ponte39
18Sport39
19Avaí39
20Atlético-GO34

Penúltima Rodada

Sábado, 25/11:
Flu x Sport

Domingo, 26/11:
Corinthians  x Atlético-MG
Cruzeiro x Vasco
Coritiba x São Paulo
Grêmio x Atlético-GO
Ponte Preta x Vitória
Avaí x CAP
Flamengo x Santos
Bahia x Chape

Segunda, 27/11:
Palmeiras x Bota

É apaixonado pelo seu time, tem visão de jogo e gosta de escrever? Venha ser um cronista torcedor, saiba como curtindo e entrando em contato através de nossa página: Jovens Cronistas! (Clique) 



Por: Gervásio Henrique e Adriano Garcia




Compartilhe:

Gervasio Henrique

Jovem jornalista, 23. Ciente de que a batalha está começando e mais certo ainda de que lutará com todas as forças por seus ideais. Maior intimidade com esporte, automotivo e cultural. "Sem sonhos não há vida".

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours