Nos dias 29, 30 e 31 de Julho de 2017 aconteceram os jogos da rodada 17 do Campeonato Brasileiro da Série A. A rodada (até o momento) teve 23 gols marcados, mas ainda não terminou. 
Triste menção para a morte de João Pedro Braga, filho do técnico Abel Braga do Fluminense. Com o fato, o jogo entre Ponte Preta e Fluminense foi adiado para o dia 09 de Agosto.

O Corinthians sagrou-se campeão do primeiro turno com duas rodadas de antecedência. O título simbólico veio após o empate em 1 a 1 contra o Flamengo, em Itaquera. A vantagem na liderança se manteve em 8 pontos, visto que o vice-líder Grêmio ficou no empate contra o Santos, na Arena Gremista. O melhor jogo da rodada, pelo menos no que diz respeito a emoção e reviravolta, foi Botafogo e São Paulo, logo na abertura. O jogo foi 4 a 3, com duas viradas e uma vitória impressionante do Tricolor paulista. No caminho inverso, Cruzeiro e Vitória, no Mineirão, foi único confronto que terminou sem gols na rodada.  Na artilharia, Jô se igualou a Lucca, com 10 gols. O atacante corintiano marcou um gol no empate em Itaquera, diante do Flamengo.

Os times que ocupavam o G-4 antes da rodada se enfrentaram. Nos dois jogos, o mesmo resultado, 1 a 1. Melhor para o Palmeiras, que venceu em casa e pulou para 4º. No G-6, os mesmo times continuam. No Z-4, o Coritiba se tornou o novo integrante, em 17º, após a derrota para o Atlético-MG, em casa e na próxima rodada enfrenta quem saiu da parte debaixo, o São Paulo, no Morumbi. 



No jogo que abriu a rodada, Sábado (29), o São Paulo conseguiu uma vitória inacreditável na reestreia de Hernanes. O jogo foi bem movimentado e aos 17 minutos Cueva abriu o placar, após falha de João Paulo. Porém, em apenas oito minutos o Botafogo virou. Marcos Vinícius, duas vezes, aos 19' e aos 25'. No segundo tempo, as coisas pioraram para o Time do Morumbi aos 23 minutos. Guilherme fez o terceiro do Fogão. Tudo parecia definido até os 39 minutos da etapa final, quando foi a vez do time paulista dar o troco. Nos sete minutos finais, Marcos Guilherme, aos 39' e aos 46' e Hernanes, aos 41' viraram de forma histórica para os visitantes. Com a vitória, o São Paulo deixou o Z-4 e agora é o 15º, com 19 pontos. O Botafogo, por sua vez, permaneceu em 7º, com 24 pontos. Confira AQUI a visão Tricolor do jogo, por JP Silva


No Allianz Parque, o Palmeiras recebeu o Avaí para manter a boa fase no Brasileiro e apagar a eliminação na Copa do Brasil no meio de semana. E conseguiu. A vitória foi construída toda no primeiro tempo, com gols de Dudu, aos 11' e Deyverson, aos 35'. O time alviverde impôs bom ritmo de jogo e venceu sem maiores dificuldades o indigesto visitante avaiano. Apesar do resultado, o assunto mais falado foi o afastamento de Felipe Melo por parte de Cuca e da diretoria, divulgado antes do jogo. Com os três pontos, a equipe palmeirense subiu para a 4ª colocação. Já o Avaí, com 17, caiu para 18º. Confira AQUI a análise da semana do Verdão, por Leonardo Carrazza

Na Arena Condá, a Chapecoense recebeu o lamterninha Atlético Goianiense e o inesperado aconteceu. Pela primeira vez no campeonato, o time goiano venceu fora de casa. No primeiro tempo, o Atlético criou as chances mais perigosas, porém quem abriu o placar foi a Chape, com Luiz Otávio aos 39 minutos.
No segundo tempo, o mesmo enredo. O time da casa, dessa vez, era melhor, mas Diego Rosa empatou aos 22'. Aos 38', Gilvan virou para o Dragão e garantiu a vitória. O Atlético-GO, com  a vitória respirou e agora tem 12 pontos, mas ainda na lanterna. A Chapecoense caiu para 12º, com 21 pontos. 


No clássico das maiores torcidas do Brasil, quem roubou a cena foi um dos bandeirinhas (Pablo Almeida da Costa), que anulou um gol de Jô, no início da partida. No entanto, Jô marcou mais uma vez e dessa vez valeu. Aos 21 minutos do primeiro tempo, o atacante abriu o placar para o time da casa. Se na primeira etapa, o Timão foi melhor, na segunda, o Flamengo voltou com tudo, disposto a empatar. Réver, aos 26 minutos empatou em belo voleio. O Rubro negro teve duas chances claras de virar, com Diego e em uma pixotada de Pedro Henrique. Jô ainda parou em Diego Alves no fim.Apesar do empate, o Corinthians segue em 1º, com 41 pontos. O Flamengo, caiu para 5º, com 29. Confira AQUI a análise da semana do Timão, por Adriano Garcia


No Couto Pereira, em jogo que marcou a reestreia de Marcelo Oliveira como técnico do Coritiba, o time da casa recebeu o Atlético-MG e foi derrotado pelo time mineiro. O Galo conseguiu a primeira vitória sob o comando de Rogério Micale, com um gol em casa etapa da partida. Com uma arbitragem muito contestada, o primeiro tempo teve o gol da Fábio Santos, aos 11 minutos, abrindo o placar, de pênalti. Em nova penalidade, Wilson defendeu a cobrança de Cazares, aos 25'. No segundo tempo, o Atlético continuou melhor e ampliou o placar aos 27 minutos, com Rafael Moura. Com a quarta derrota seguida na competição, o Coritiba entrou no Z-4 do Campeonato, com 19 pontos. O Atlético-MG, com a vitória depois de dois jogos, chegou aos 23, em 10º. 


Na Fonte Nova, o confiante Sport conseguiu mais uma importante vitória no Campeonato, no clássico nordestino contra o Bahia. Mesmo sem seus principais nomes, o time pernambucano foi melhor na maior parte do jogo e foi para o intervalo vencendo por 1 a 0, com gol de Everton Felipe, aos 18 minutos. Na volta, melhor, o Bahia empatou com Rodrigão, aos 13'. Porém, o Leão retomou o controle da partida, virou e ampliou. Ronaldo Alves fez aos 20' e Lenis fechou o placar, aos 46'. A derrota do Bahia teve efeitos internos. Jorginho foi demitido após o tropeço e deixou a equipe na 15ª colocação, com 19 pontos. O Sport, ao contrário, vive um momento único, lutando por vaga na Libertadores em 6º, com 27 pontos.


No Mineirão, o Cruzeiro recebeu o vice-lanterna Vitória e ficou no empate em 0 a 0. Em jogo bastante equilibrado, a ineficácia de ambas as equipes nas chegadas ao ataque falaram mais alto, além da grande partida do goleiro Fernando Miguel, do Vitória. No fim o time de fora, após ter chances e não aproveitar, se fechou e buscou garantir o empate. O Cruzeiro continua em 9º, com 23. O Vitória soma um ponto fora, mas viu a diferença para o último colocado Atlético-GO diminuir dois pontos. O time baiano tem 13 pontos. 


Na Arena do Grêmio, o jogo entre Grêmio e Santos marcava a disputa pela vice-liderança do Brasileirão. No entanto, nada mudou. Melhor no primeiro tempo, o time gaúcho propôs o jogo, como de costume. Com boas oportunidades sendo desperdiçadas, o time da casa viu David Braz, aos 44 minutos, abrir o placar para os santistas. Fernandinho, aos 46', ainda empatou. Na volta do intervalo, o panorama foi mantido e o Time da Vila buscava jogar nos contra ataques explorando a velocidade do seu ataque. Com Vanderlei passando segurança atrás. No fim confusão e expulsão de Edílson. Com o empate, as duas equipes perderam a chance de diminuir a diferença para o Corinthians. O Grêmio continua em 2º, com 33 pontos. O Santos, uma posição abaixo, tem 31.


No encerramento da rodada, o Vasco recebeu o Atlético-PR, e foi surpreendido pelo time paranaense.
Em um primeiro tempo bastante truncado, o time carioca foi melhor mas não ofereceu tanto perigo aos visitantes.

No segundo tempo, a furada do lateral Henrique e o oportunismo de Ribamar, decretaram a vitória ao time paranaense. O gol foi marcado aos 15 minutos. No fim, Paulo Vitor ainda acertou a trave para o Cruzmaltino. 
Com a vitória, o Atlético-PR permaneceu fora da Zona de Rebaixamento do Brasileirão, em 14º com 20 pontos. Já o Vasco continuou em 8º, com 23 pontos. Confira AQUI a visão Vascaína do duelo, por José Nunes


Resultados
Sábado, 29/07:
Botafogo 3x4 São Paulo
Palmeiras 2x0 Avaí

Domingo, 30/07:
Chapecoense 1x2 Atlético-GO
Corinthians 1x1 Flamengo
Coritiba 0x2 Atlético-MG
Bahia 1x3 Sport
*Ponte Preta x Fluminense
Cruzeiro 0x0 Vitória
Grêmio 1x1 Santos

Segunda, 31/07:
Vasco 0x1 Atlético-PR

*O jogo foi adiado para o dia 09/08, às 20 horas, devido a morte do filho do técnico Abel Braga. 


CLASSIFICAÇÃO

1
Corinthians
41
2
Grêmio
33
3
Santos
31
4
Palmeiras
29
5
Flamengo
29
6
Sport
27
7
Botafogo
24
8
Vasco
23
9
Cruzeiro 
23
10
Atlético-MG
23
11
Ponte Preta
21
12
Chapecoense
21
13
Fluminense
21
14
Atlético-PR
20
15
Bahia
19
16
São Paulo
19
17
Coritiba
19
18
Avaí
17
19
Vitória
13
20
Atlético-GO
12


18ª Rodada

Quarta, 02/08:
Sport x Fluminense
Chapecoense x Bahia
Atlético-MG x Corinthians
Vitória x Ponte Preta
Botafogo x Palmeiras
Santos x Flamengo
Atlético-GO x Grêmio

Quinta, 03/08:
São Paulo x Coritiba
Atlético-PR x Avaí
Vasco x Cruzeiro


É apaixonado pelo seu time, tem visão de jogo e gosta de escrever? Venha ser um cronista torcedor, saiba como curtindo e entrando em contato através de nossa página: Jovens Cronistas! (Clique) 

Compartilhe:

Gervasio Henrique

Jovem jornalista, 23. Ciente de que a batalha está começando e mais certo ainda de que lutará com todas as forças por seus ideais. Maior intimidade com esporte, automotivo e cultural. "Sem sonhos não há vida".

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours