Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Time vive na Montanha Russa

Pessoal, mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir o jogo pela 23ª Rodada do Brasileirão, onde o Internacional visitou o São Paulo e mesmo com muitos desfalques dos donos da casa, o Colorado teve atuação apática no segundo tempo e acabou derrotado por 2 a 0.

O Inter foi a campo com Muriel; William, Ernando, Paulão e Geferson (Artur); Dourado, Nilton, Sasha (Anderson) e D'Alessandro; Valdívia e Lisandro López (Taiberson). Novamente no 4-4-2, e hoje que todos esperávamos que o Inter fosse se aproveitar da série de desfalques do São Paulo, o Colorado teve atuação abaixo da média e acabou sofrendo mais uma derrota.

Aos 4 minutos, Rogério passou por Nilton e chutou para defesa de Muriel. Aos 7, D'Alessandro lançou Lisandro, que invadiu a área e bateu próximo ao gol. Aos 12, Ganso lançou na cabeça de Centurión, que mandou para fora. Aos 18, Bruno cruzou para Rogério, que finalizou mal. Aos 31, D'Alessandro tabelou com Valdívia e chutou da entrada área, a bola desviou em Lyanco e passou perto do gol. Aos 38, Paulão lançou Valdívia que saiu cara à cara com Renan Ribeiro, mas a finalização saiu no meio do gol e o goleiro defendeu.

No segundo tempo, aos três minutos, Ganso fez ótima jogada, avançou e passou para Wilder que cruzou na cabeça de Rogério, que mergulhou para abrir o placar. Aos 11, Ganso recebeu de Wilder e arriscou da intermediária, passando a bola próxima ao gol. Aos 24, Wilder puxou contra-ataque pela esquerda e lançou para Centurión, que chutou na rede pelo lado de fora. 

Aos 26 minutos, Michel Bastos iniciou a jogada, passou para Wilder, que rolou para Ganso, que com categoria, ajeitou para Michel Bastos, chutar no canto direito de Muriel, que tocou na bola, mas não evitou o gol, marcando 2 a 0 para o São Paulo. O Inter tentou diminuir, aos 38 Valdívia se livrou do marcador e chutou no canto esquerdo de Renan, que defendeu.

O Inter pareceu mais uma vez com o grave problema de fora de casa, de após sofrer um gol, o time fica apático e sem reação, assim como ocorreu contra o Avaí na semana passada. É um problema que deverá ser corrigido o mais rapidamente possível por Argel, parece que não temos poder de reação, basta sofrer um gol, que o time se apequena em campo e não oferece resistência ao adversário, é de se preocupar para a Copa do Brasil pois no Brasileirão, viramos turistas.

Com o resultado, o Inter permanece com 31 pontos, na 11ª colocação e pode ser ultrapassado pela Chapecoense, caindo uma posição e o São Paulo, entrou no G4, com 38. Na próxima rodada, o Inter recebe o Palmeiras, no Beira-Rio, na prévia do jogo da Copa do Brasil e o São Paulo visita o Santos na Vila Belmiro.



Nenhum comentário