Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - F9 Eterno e nada de crise

Pessoal, na manhã deste domingo, no novo horário de jogos do Brasileirão 2015, tivemos pela 6ª Rodada, Internacional e Coritiba no Beira-Rio. Tivemos uma série de homenagens do clube para Fernandão. Além de uma missa, a distribuição de braçadeiras e do minuto 9, em homenagem ao eterno capitão colorado. O Inter teve boa exibição e venceu com tranquilidade.

O Internacional foi a campo com Alisson; William, Alan Costa, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Anderson (Rafael Moura), Valdívia (Nico Freitas), Vitinho (Alex), Nilmar e Lisandro Lopez. Jogando em um 4-4-2.

Tivemos os retornos de William e Dourado, a mudança da dupla de zaga, com Ernando e Alan Costa, Vitinho e Valdívia como meias e Lisandro e Nilmar como dupla de ataque. Mostrando mais uma vez o já consolidado sistema de rodízio de Diego Aguirre, que é o pânico da imprensa esportiva gaúcha, que não entende isso.


Antes do apito inicial, um mosaico com os dizeres: “F9, Eterno Capitão”, foi realizado pela torcida. Antes do primeiro minuto, o Coritiba quase abriu o marcador com Thiago Galhardo que fez boa jogada e chutou forte, para defesa de Alisson. Aos 6, Lisandro López recebeu cruzamento de Vitinho e cabeceou, para defesa de Bruno. Aos 9 minutos do primeiro, a torcida se levantou e aplaudiu nas arquibancadas, fato que se repetiu aos 9 do segundo tempo. Aos 19, Nilmar foi lançado e disparou em direção à área ele concluiu de bico e a bola passou rente a trave esquerda do gol do Coritiba.


Aos 24, um lançamento despretensioso da direita para a esquerda se transformou em uma grande jogada. Vitinho recebeu a bola e já no domínio se livrou de Norberto. Vitinho avançou em direção ao gol e chutou de sem pulo para fazer um golaço no Beira Rio.
 

Aos 35 após boa trama do time do Inter, Anderson recebeu a bola na intermediária e tabelou com Vitinho, que girou em cima da marcação e encontrou Lisandro López já dentro da área. O argentino fintou a marcação e chutou mandando a bola na trave, no rebote, Nilmar não desperdiçou e de esquerda mandou para o gol.

No segundo tempo, aos 11, Lisandro López cruzou para Nilmar, que tentou a conclusão, mas Norberto evitou o gol. aos 17, Lisandro recebeu de Valdívia e girou, a bola desviou em Luccas Claro e ficou nas mãos do goleiro Bruno. Aos 25 minutos. Ruy chutou da entrada da área e Alisson espalmou para escanteio. Aos 35 Lisandro acabou expulso por reclamação, deixando o Inter com dez homens em campo. Nos acréscimos, Wallyson bateu rasteiro, a bola tocou na trave direita e foi para fora. 

Tivemos boas atuações de Anderson e Vitinho, dois jogadores que foram recuperados por Diego Aguirre, e que a imprensa e alguns torcedores, que vão na pilha da mídia, julgavam como perdidos no elenco, mas não adianta tentar explicar pois a teimosia deles é enorme. Outros nomes foram bem, como Dourado e William, que haviam sido preservados. 

Estou gostando deste modelo no 4-4-2, nos dá maior poder ofensivo e não deixa o centroavante isolado no ataque. Estes jogos pelo Brasileirão e antes da semifinal da Libertadores serão importantes para colocar todo o elenco a jogar, para sempre termos boas opções.

Foi importante voltarmos a vencer e agora estou curioso pela nova "crise" a ser criada pela imprensa esportiva contra o Inter. Garanto que vão criticar a ida de Diego Aguirre ao Uruguai. Pois não existe nenhum outro fato para eles falarem. Eles, assim como alguns torcedores custam a entender o sistema de rotação do time.

Com a vitória o Inter chega aos nove pontos, sendo o nono colocado, sem contar os jogos de hoje a tarde. No próximo final de semana, o Inter encara o Corinthians no sábado, às 16h30min, na Arena Corinthians pela sétima rodada.

Nenhum comentário