Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Prontos para 2015?



Amigos, com a apresentação de Edu Dracena o Corinthians tem seu elenco formado para a temporada 2015, é um tanto difícil crer que outras negociações serão concretizadas nos próximos dias, e dado esse quadro nos vem a mente a pergunta. Estaria o Corinthians efetivamente pronto para temporada 2015? Teríamos contratado de forma correta, e suprido as lacunas do elenco. É isso que vamos debater nas próximas linhas.


O que falamos á todo momento aqui na temporada passada, além dos problemas táticos, que fazem parte do passado; O Corinthians precisa de um segundo atacante titular, um centroavante reserva, e um zagueiro, de preferência alguém de alto-nível e em pleno auge, para formar uma dupla forte ao lado de Gil. Porém, não foram esses os movimentos que o Corinthians fez, não contratamos um 2º atacante de destaque, trouxemos um Colombiano que cisca bastante, mas pelo seu histórico até aqui no futebol e pelo pouco que já se viu dele, vai compôr grupo, não vai ser o grande nome para o ataque, temos Emerson Sheik, porém o ideal é que ele fosse um nome importante de composição de grupo, como é o Danilo, um 12º jogador que possa ajudar a equipe nos momentos mais importantes, portanto, vejo que essa lacuna não foi suprida, resta torcer para que Sheik, Malcom e companhia possam dar um pouco mais de suporte á Paolo Guerrero, do que se viu na temporada passada, onde ele acabou decidindo quase que sozinho, e muitas vezes com Danilo sendo o único nome também decisivo á seu lado.

Para o meio-campo, o Corinthians já tinha muitas peças, trouxe de volta o ídolo Cristian, já fora de seu auge na carreira, inclusive ele não chegou 100%, mas claro que pode se recuperar e ajudar muito o Corinthians ao longo do ano, é um atleta de muita qualidade técnica, que inicia as jogadas, que rouba a bola e distribui bem o jogo, além de ter muita qualidade na finalização de média distância.

Por fim, falando da zaga, Anderson Martins não era nenhum jogador espetacular, mas era um bom zagueiro, um zagueiro em plena atividade, sua saída repentina foi fruto de mais uma negociação mal-feita, o Corinthians foi simplesmente uma ponte para o atleta jogar alguns meses e voltar para o "Mundo Árabe", assim como acabou sendo apenas uma "ponte" para que Cleber fosse para a Europa sem que tivéssemos lucro disso. Felipe pode vir a ser sim um zagueiro á nível de Corinthians, tomara que seja, eu não acho que tenhamos de o cornetar até ele ir embora ou cair no ostracismo, isso me faz pensar e chegar a conclusão que de-repente o caminho que rumou Marquinhos foi o melhor para ele, afinal, se ele falhasse uma vez aqui, não teria chegado onde chegou, o Corinthians tem muitos meninos para a defesa, isso não me agrada, comemos bola não contratando Rever, um grande zagueiro que até o meio da temporada passada esteve no auge, e depois lesionou-se. Edu Dracena FOI um ótimo zagueiro, mas para ele vale o raciocínio semelhante ao atrelado á Chicão, há tempos não joga em alto nível, e é um zagueiro que depende mais de sua técnica, do que um rebatedor, e quando se tem zagueiros assim, o fator físico pode pesar. Com a chegada apenas de Edu Dracena, não podemos cravar que temos dois grandes zagueiros, e os meninos apenas como composição de grupo, temos Gil, Dracena terá de trabalhar muito para voltar á desempenhar um papel de alto nível, e mesmo com ele, essa lacuna segue aberta, afinal, num grupo são necessários 5 zagueiros, 3 deles em nível de titularidade, e não temos isso hoje. Uma contratação muito positiva é a de Edilson, um jogador que ataca e defende com similar qualidade, ótimo na bola parada, e desempenhou bom papel tanto no Botafogo, quanto na Ponte Preta, Corinthians é diferente, mas creio que pode assumir a posição

O meu time base: Cássio; Edilson (Fágner), Gil, Dracena (Felipe) e Fábio Santos (Uendel); Ralf, Cristian, Elias e Renato; Sheik (Malcom) e Guerrero. Evidente que o time pode ficar próximo disso ao longo do trabalho, inicialmente veremos outras peças sendo aproveitadas, o que é positivo. Tenho plena confiança no trabalho de Tite, com ele quem merecer vai jogar, terá seu espaço, e mesmo que suas opções ao longo do trabalho sejam um tanto diferentes, tenho convicção de que serão as melhores.

O Corinthians não tem um time espetacular, temos ainda as lacunas que tínhamos ao término da temporada passada, mas o time segue tendo muita qualidade, ganha demais em padrão de jogo com Tite, e tem plenas condições de lutar por tudo o que disputar em 2015.


E na Copinha, o Corinthians derrotou o SPFC com autoridade por 3 x 0 e está na final, comentaremos a final neste domingo, e faremos um breve balanço sobre a competição.


Qual a sua expectativa para o Corinthians em 2015? 


Curta nossa Página: Jovens Cronistas! (Clique)


Foto: GazetaPress.


Nenhum comentário