O jornalista estadunidense Glenn Greenwald, um dos diretores do The Intercept Brasil, foi denunciado pelo procurador da República em Brasília Wellington Divino Marques de Oliveira por associação criminosa e interceptação telefônica no âmbito da operação Spoofing, aquela que investiga o grupo de hackers responsável pela invasão a contas no aplicativo Telegram de autoridades como o ministro Sérgio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol.



A denúncia contra Glenn sustenta-se em um áudio com uma conversa entre o coordenador do trabalho de investigação jornalística que rendeu a Vaza jato e aquele que, segundo o MPF, seria o porta-voz dos hackers sobre como proceder com o download das mensagens dos usuários hackeados após o início das publicações pelo Intercept Brasil e parceiros. O procurador Wellington, também responsável por denunciar o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, Felipe Santa Cruz, no episódio em que classificou o fato de o ministro Moro ter acesso a documentos sigilosos na PF de “chefe de quadrilha”, assegura no documento da denúncia que o jornalista “orientou, de maneira direta, o grupo criminoso”. Está claro que a denúncia foi protocolada para intimidar a atividade jornalística daqueles que andam incomodando com a divulgação do que acontece nos bastidores das instituições investigativas do Brasil. A denúncia, a participação do ministro da Economia Paulo Guedes em Davos, na Suíça, entre outros assuntos são os destaques desta edição do JC Express, apresentada por Claudio Porto e Pedro Araujo.




Ajude-nos a alcançar cada vez mais inscritos na TV JC. Inscreva-se no canal, avalie os vídeos e ative o "sininho" para não perder nada.

Contribua com nossa Vakinha: http://vaka.me/469309
Assine, e apoie o projeto a partir de qualquer valor: https://apoia.se/jovenscronistas

Apoie por meio das seguintes contas bancárias:

Bradesco Ag: 99 C.C: 324035 - 5 | Adriano Garcia
Caixa Ag: 1103 Operação: 013 Conta: 20002-0 | Claudio Junior Porto Santos
Itaú Ag: 2777 C.C: 02351-2 | Claudio Junior Porto Santos
Compartilhe:

Editorial JC

Conta administrada pelos três jornalistas integrantes do Conselho Editorial do projeto Jovens Cronistas.

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours