Banner 1

JC Agora

Mais SP - Semana do Gestor #03

Vamos acompanhar semanalmente o mandato do prefeito tucano João Dória à frente da Prefeitura de São Paulo. O Gestor, como ele bem frisa, terá muito trabalho no comando da maior cidade da América Latina, e estaremos atentos a todas as suas ações. Portanto, todo sábado, traremos aqui um compilado do que o mandatário realizou em suas atribuições.

Siga a Coluna "Mais São Paulo" no Twitter 


3ª Semana De “piscinão” que não é meu, mas eu vou entregar à “Mãe Cida”


Como de costume, o nosso gestor tem passado suas manhãs de domingo ao lado povo, às vezes trajando uma camiseta branca com dizeres “Cidade Linda” ou o alaranjado e esverdeado dos uniformes de gari. No ultimo domingo (15), o M’Boi Mirim foi a região visitada por Dória, equipe e jornalistas. Lá, pegou uma pá de pedreiro com concreto, tampou um buraco pelo “Calçada Nova” , plantou uma árvore e tirou muitas fotos. O prefeito ainda prometeu, acredite se quiser, entregar uma obra que nem dele é. Suado e com capacete, a versão paulistana de Bob Construtor  disse que entregará o primeiro piscinão em 90 dias. A obra, que é do Governo do Estado e está bem adiantada, além de ter iniciado já há um bom tempo, em 2012, fica na Vila Prudente e trata-se de mais um presentinho do “santo” padrinho, Geraldo Alckmin. Na tarde de domingo, como de praxe, foi dar um rolezinho de bike ou “uma descontraída na Av. Faria Lima”, como ele mesmo postou no Instagram. Por sinal, está ai algo que o prefeito gosta muito. Guardada todas as proporções, para o Dória, estar nas redes sociais, talvez seja mais prazeroso que o “Cidade Linda”.

Na segunda (16), Dória entregou a limpa, iluminada e mais segura ponte Octávio Frias de Oliveira, famosa Ponte Estaiada. A ponte que, segundo o Datena, não liga nada a lugar nenhum, tornou-se prioridade depois que a TV Globo – que usa a ponte como cenário em seus telejornais – pressionou  ambas as gestões, a passada de Haddad e a atual de Dória, para a limpeza de pichações. Depois de duas semanas de intenso trabalho, a equipe da Prefeitura apagou todos os rabiscos, trocou toda a iluminação, que agora conta com “16 combinações de cores com baixo consumo de energia” e câmeras de segurança, sincronizadas com o controle da GCM. Segundo o prefeito, o melhor de tudo foram as parcerias que não renderam nenhum custo à Prefeitura. A Somar Ambiental e a Conexão Berrini “presentearam a cidade” com os reparos na estrutura da Ponte. Com as ações na Ponte Estaiada e os discursos de cercar os pichadores da cidade levantaram discussões sobre os valores artísticos do “pixo”, e nessa o prefeito não quis entrar. Diz não se importar e que não voltará atrás em relação às pichações. Muito pelo contrário, fortificou a GCM para a fiscalização e segurança dos patrimônios públicos. 
 
Imagem: O.RIBS ( usuário @o.ribs no instagram)



No segundo dia útil da semana, Deu na Veja! : “Dória vai doar Xampu, sabonete e escova de dente a morador de rua”. O prefeito conseguiu, sem explicar muito, fechar uma parceria com a Unilever, que doará sabonetes, desodorantes, creme dental, entre outros produtos de higiene pessoal para os moradores de rua. E passou o resto do dia anunciando. Pela manhã anunciou um novo programa, o “Marginal Segura”, entre outras ações o programa tenta retomar, a partir do aniversário da cidade no próximo dia 25, as velocidades nas marginais Tietê e Pinheiros. Eu disse “tenta”, porque o Tribunal de Justiça tem soltado liminares que impedem o aumento das velocidades, alegando que tal ação aumentaria os números de acidentes e mortos no trânsito paulistano.  Pela tarde, se reuniu com diretores para o aperfeiçoamento dos 83 centros de acolhida para os moradores de rua, os “Espaços Vida”. Ainda na tarde de terça, com a ZL em chamas, por causa de uma reintegração de um terreno da prefeitura em que viviam 700 famílias, no bairro de São Mateus, a Prefeitura divulgou os primeiros números do “Corujão da Saúde”. Segundo ela, o programa que agenda exames para pacientes na rede privada e filantrópica em horários alternativos, em uma semana, segundo a Prefeitura, realizou 25 mil exames, com mais de 243 mil agendamentos já feitos. 


A semana ainda foi marcada pela longa sequencia de dias chuvosos. A cidade, que de longe sabemos precisar de ações que evitem alagamentos e deslizamentos, foi novamente castigada e pagou pelo crescimento desenfreado e desorganizado. Na noite de quinta (19), moradores do Jardim Angela, na Zona Sul, ao chegarem em suas casas, após o duro dia de labuta, deram de cara com suas moradias, todas barracos de madeira, tomadas de lama. Além de utensílios, eletrodomésticos e moveis também se perderam junto com a simplória dignidade que um lar, mesmo de madeira, é capaz de proporcionar. Na sexta (20), o prefeito solicitou que as famílias fossem para abrigos e que, assim como as 700 famílias de São Mateus, tivessem seus nomes inscritos no programa de habitação da Prefeitura em parceria com o Governo do Estado, o “Casa Paulista”.  


Ainda no ultimo dia útil da semana, Dória se reuniu com diretores para traçarem as ações do programa “Trabalho Novo” que, segundo a Prefeitura, empregará 20 mil moradores de rua. De acordo com o ultimo levantamento, são pouco mais de 16 mil de pessoas morando nas ruas e avenidas de São Paulo.
Dória e sua espátula; Foto: G1
Hoje, sábado (21), trajando roupas do estilo funcionário da Eletropaulo, o prefeito iniciou o 4º trecho do “Cidade Linda” na Av. Santo Amaro, Zona Sul. Lá, Dória pintou e limpou uma parada de ônibus, tirou fotos e com uma espátula retirou cartazes da Mãe Cida que atrapalhavam a visualização dos itinerários e horários das linhas de ônibus que passam pela região.   

Prefeito tirando a "Mãe Cida" de cena; Imagem: Reprodução/Instagram 

Na próxima quarta (25), São Paulo comemora 463 anos de uma bela, majestosa e rígida história. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, a data contará com shows nas mais variadas áreas da cidade. Leituras dramáticas na Biblioteca Mário de Andrade, no centro. Shows com os lendários Demônios da Garoa, no Mercadão, e a dupla: Max de Castro e Wilson Simoninha com o Baile do Simonal, entre outras atrações que podem ser encontradas no portal da Prefeitura. 

Fiscalize conosco o Prefeito na página da Coluna "Mais SP" do JC! (Clique) 

Um comentário:

  1. É, além de ter "adotado" um piscinão que NÃO É DELE, prometeu MAIS DEZENOVE o ensandecido CORONEL Paulistano. Lamentável o desrespeito aos artistas do grafite, aliás, o que o Prefeito respeita.

    O Prefeito NÃO esteve nos locais que alagaram nem onde famílias perderam seu teto, mas fez novamente suas ações propagandistas fanfarronas. Ficará sempre a dúvida, afinal, quem é o "João", o que modificou a lei para tomar os cobertores dos moradores de rua, ou o que os fornece produtos de higiene (mesmo que não tenham onde usá-los) ou ainda emprego, mais do que a demanda, como bem citado. SEMPRE existirá essa dualidade.

    ResponderExcluir