Banner 1

JC Agora

Liga Espanhola - Resumão da rodada 2


Olá amigos, voltamos com a segunda rodada de La Liga, neste momento Sevilla e Atlético de Madrid dividem o primeiro lugar com 100% de aproveitamento. Confira os demais jogos:


Real Madrid 1 x 1 Valladolid 

Benzema resolve novamente


No final, o empate frustante para o Real.Créditos:Reuters

A estreia no Santiago Bernabéu não foi como o torcedor do Real Madrid imaginava. James Rodriguez entrou na vaga de Modric suspenso na rodada anterior por um cartão vermelho. A primeira etapa foi de poucas emoções, o Real dominou o Valladolid, que estava numa estratégia totalmente defensiva, esperando um contra golpe.  Mesmo com o domínio, o time merengue se atrapalhava na armação das jogadas e estava desorganizado taticamente em campo.
James e Benzema até tentaram chegar ao gol, mas sem outras opções no ataque ficava difícil passar pelo bom sistema defensivo montado pelo técnico  Sergio González.
A segunda etapa seguiu os mesmo ritmos nos 15 minutos iniciais, ambos os times com dificuldades de criar jogadas e vários passes errados. O Real teve uma ótima chance de abrir o marcador com Jovic aos 18 minutos, o sérvio cabeceou a bola no travessão de Masip. Aos 25 minutos, Waldo que havia entrado a pouco na vaga de Moyano, chutou forte da meia lua e Courtois fez uma bela defesa.
O Valladolid começou a pressionar e aproveitar os erros do real, aos 30 minutos Nacho recebeu boa bola no fundo e cruzou para o meio da área, Óscar Plano e Guardiola estavam livres, mas o segundo por sua vez acabou entrando na frente de plano e tocando para longe da meta de Courtois.


Benzema, o artilheiro salvador. Créditos: Reuters

O real consegue retomar a posse de bola novamente e consegue uma boa troca de passes, Varane no campo ofensivo, faz bom passe para Benzema, o francês gira em cima de Antonito e chuta colocado e abre o placar aos 36 minutos. Aos 42 minutos, o Valladolid atacou com Óscar Plano que abriu para Guardiola nas costas de Varane, o espanhol dominou e bateu na saída de Courtois , empatando o jogo nos momentos finais. 
Foram mais de 700 passes trocados, mas poucas chances criadas, para tentar mudar o panorama o real usou e abusou dos cruzamentos todos errados, faltou concentração ao Real tanto no setor ofensivo como na defesa principalmente o lado direito com Varane e Carvajal. Um ponto positivo é Benzema que foi importante na última temporada nos momentos críticos em La Liga, e agora continua fazendo gols mesmo sendo criticado pelos torcedores, neste jogo o Real poderia ter perdido e os merengues devem esse um ponto ao francês.

Barcelona 5 x 2 Real Betis 

Griezmann assume o protagonismo e tira Barça de momento ruim


Griezmann, o protagonista. Créditos:Reuters

O início de temporada não tem sido fácil para o Barcelona, partida em casa sem os principais atacantes da equipe, Suárez e Messi, ambos estão machucados e não se recuperaram em tempo de jogar. O Betis por sua vez buscava somar os primeiros três pontos na competição.
O primeiro tempo começou com um domínio inicial do Barça, tanto da posse de bola, como das principais ações ofensivas, aliás nos primeiros dez minutos foram seis chances claras de gol. Griezmann no gol aos 13 minutos e proporcionou o primeiro lance perigosos da partida.
Com o passar dos minutos, o Betis largou mão da postura totalmente defensiva e partiu explorando os espaços deixados entre as linhas do mandantes. Aos 15 minutos, Canales dominou no meio campo, lançou Loren que fez um ótimo pivô para Fekir que entrava em velocidade na área, o francês dominou a bola e chutou colocado sem chances para Ter Stegen e abriu o placar.
Após o gol a equipe catalã continuou sendo efetiva em manter a bola, mas os erros de passe inviabilizaram oportunidades de empatar. O Betis não consegui manter o mesmo ritmo e a partir dos 35 minutos foi totalmente dominado pelo adversário.
Com a bola dominada e a melhora no aproveitamento dos passes, o Barça chegou em velocidade com Sergi Roberto, que tocou para Griezmann chegar entre os zagueiros e empurrar pro fundo do gol antes do intervalo.
Na segunda etapa, O Betis sentiu o gol e voltou pensando em apenas em se defender. O Barça voltou ligado e já aos 5 minutos, Griezmann recebeu na entrada da área e acertou um belo chuto colocado para virar o marcador, o francês celebrou muito e arrancou sorrisos de Messi que estava na tribuna.


Comemoração merecida após o susto. Créditos: Reuters

Rubi até tentou manter o Betis, ofensivo e motivado mas tudo foi em vão, aos 11 minutos o menino Carles Pérez bagunçou a defesa e chutou para ampliar o placar. O apagão defensivo custou caro, aos 15 foi a vez de Alba invadir a área em velocidade e chutar sem chances para Dani Martín defender.
A goleada foi decretada aos 32 minutos por Vidal, o chileno recebeu boa bola de Griezmann e bateu forte sem chances para o goleiro. Loren ainda descontou com um belo gol aos 35 minutos.
Griezmann foi o cara do jogo, teve uma atuação de craque conduzindo o crescimento do time, que por alguns momentos sentiu a falta de Messi e Suárez. O francês chegou para assumir essa função de protagonista na ausência dos grandes craques e conseguiu, destaque também para o jovem Carles Pérez que com muita personalidade infernizou os defensores e terminou sendo contemplado com um tento em sua estreia no Camp Nou.


 Leganés 0 x 1 Atlético de Madrid 

A salvação vem do banco, Vitolo o legítimo pouca mídia e bom futebol

Fora de casa, o Atlético teve sérias dificuldades contra o Leganés. O triunfo na primeira partida encheu de esperança o torcedor colchonero, que não esperava um Leganés tão retrancado em uma partida como mandante.


Morata perde grande chance. Créditos:Reuters

O panorama do primeiro tento foi o Atleti com grande posse de bola, mas não conseguindo avançar nos 20 metros finais do campo, o Leganés se postou com duas linhas com 4 homens e deixou que o adversário rodasse a bola sem conseguir ser contundente. Em um dos raros ataques, o Atlético pressionou e João Félix arranjou bom passe para Morata, que invadiu a área,mas chutou fraco para Soriano defender.
Na segunda etapa o Atleti voltou imponente, em rápido ataque João Félix recebeu de Koke e isolou uma grande chance logo aos 2 minutos. Com a iniciativa dos Rojiblancos, o Leganés também partiu ao ataque,Rosales sofreu falta na entrada da área e ele mesmo bateu, obrigando Oblak a fazer grande defesa. Com o escanteio o zagueiro Omeruo foi para o ataque e cabeceou firme para a bola explodir na trave de Oblak.
Aos 10 minutos, o Atlético faz boa jogada no campo de ataque, Saúl domina e chuta forte para balançar a portaria de Soriano. Aos 15 minutos, o zagueiro Hermoso saiu, Simeone desmontou o esquema com três zagueiros e passou Trippier e Saúl para a lateral, Vitolo entrou no ataque fazendo companhia para Morata. Aos 17 minutos, Trippier tocou para João Félix, o português viu Vitolo em velocidade e tocou, o atacante saiu de frente para Soriano e não deu chances ao goleiro Soriano.
Com o marcador aberto, o Atlético posicionou na retranca e sofreu até os minuto final. Morata ainda teve a chance de marcar após boa jogada individual deixou dois marcadores no chão e chutou para defesa de Soriano. Festa de Simeone no apito final e 100% mantido.


Vitolo vira herói e garante os três pontos. Créditos:Reuters

Uma crítica para Simeone é a insistência em Lemar ,que desde sua chegada não cumpriu o que se esperava dele, e desde a última temporada o francês é peça quase que intocável, Vitolo desde a pré-temporada mostrou-se melhor que Lemar, e mesmo assim é esquecido no banco por diversas oportunidades e hoje resolveu um jogo em que os três pontos fariam falta na briga direta com Real e Barça. Além disso, com Lemar ocupando uma faixa estratégica do campo, João Félix acaba perdendo a liberdade de flutuar entre às linhas adversárias e sumindo na partida.

Celta 1 x 0 Valencia

Sem Rodrigo, Valencia sofre derrota e se prejudica na competição

O clima no Valencia não é num dos melhores, brigas internas relatadas pela imprensa colocam em dúvida o futuro de Marcelino no comando da equipe, na última semana um tumor forte foi de que Rodrigo estaria se transferindo para o Atlético de Madrid e por isso não foi relacionado aos titulares para o jogo contra o Celta.
O primeiro tempo foi de domínio total dos donos da casa, o Celta desde o primeiro minuto mostrou ímpeto ofensivo e viu um Valencia somente se defendendo e tentando um contra golpe.
Aos 15 minutos, Aspas armou bom passe para Demis Suárez, o espanhol rolou para Fernández que tocou de letra para o fundo das redes de Cillessen. Após o gol, o Celta dominou o jogo tentando ampliar o placar, mas não consegui transformar a grande posse de bola em chances efetivas.
Na segunda etapa, o panorama permaneceu o mesmo nos primeiros minutos. Marcelino colocou Rodrigo em campo na vaga de Maxi Gómez, o time até melhorou, atacante teve chance de marcar mas parou nas mãos de Blanco.
Já nos nos acréscimos Santi Mina foi derrubado na área, o juíz apontou pênalti para o Celta, Demis Suárez foi para a cobrança e Cillessen fez boa defesa evitando um resultado pior para o Valencia.



Outros resultados


Granada 0 x 1 Sevilla
Levante 2 x 1 Villarreal
Osasuna 0 x 0 Eibar
Getafe 1 x 1 Ath.Bilbao
Alavés 0 x 0 Espanyol
Mallorca 0 x 1 Real Sociedad


Classificação


Tabela: FcTables.com


Se inscreva em nosso canal no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 

Nenhum comentário