Entre os dias 8 e 10 de Julho foi realizada a 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Foram anotados 26 gols na rodada, média de pouco mais de 2,5 gols por partida. Há três jogos sem marcar, o ainda artilheiro da competição, Henrique Dourado, viu Jô se aproximar na disputa, com mais um gol marcado na vitória corintiana. Lucca também teve a chance de encostar, mas perdeu um pênalti, na mesma partida (Corinthians x Ponte Preta). A grande surpresa da rodada ficou mais uma vez por conta do Avaí, que surpreendeu a todos e derrotou o Grêmio, em Porto Alegre. Vale lembrar que há duas rodadas o mesmo Avaí havia vencido o Botafogo, no Nilton Santos, pelo mesmo placar.

Nos dois clássicos da rodada, vitória para os dois ‘’melhores times’’, em tese. O Flamengo ganhou do Vasco, fora, e o Santos levou a melhor sobre o São Paulo, na Vila Belmiro. Sob o comando do técnico interino Pintado, o tricolor até fez boa partida mas, para o seu azar, Copete estava em grande noite e marcou os 3 gols santistas O estreante Arboleda e o garoto Shaylon descontaram para o São Paulo, que espera ansiosamente a estréia de Dorival Júnior (apresentado nesta segunda, dia 10/07). O time agora é o vice-lanterna. No clássico carioca, o destaque triste da rodada: uma grave confusão, gerada por parte "da torcida" do Vasco levou pânico inclusive aos jogadores e culminou na morte de um torcedor na saída do Estádio.

O Corinthians venceu mais uma (clique e leia a crônica sob o ponto de vista corintiano) ante a Ponte e chegou aos 32 pontos, na liderança isolada da competição, com 9 pontos de distância para o 2º colocado, que agora é o Flamengo. O antigo vice-líder, Grêmio, somou a sua terceira derrota seguida e estacionou nos 22 pontos. O time paulista já soma 26 partidas sem derrota na temporada, igualando o feito de Tite, em 2015. Na reedição do confronto de quarta-feira (05/07), o Cruzeiro voltou a marcar 3 gols, e dessa vez só sofreu 1, diante do Palmeiras, no Mineirão (clique e leia a crônica sob a perspectiva alviverde).


Cabe destacar também a demissão de Eduardo Baptista após o empate entre Atlético/PR x Chapecoense (A Chape que já havia demitido Vagner Mancini como já analisado confira a crônica (clique) em nosso blog), que gerou diversos desdobramentos no Atlético/PR, como as demissões voluntárias de Paulo Autuori e do meia Carlos Alberto, o atacante Grafite já tinha tido seu contrato rescindido junto ao clube. Já o Atlético/MG ficou no empate fora de casa ante o Botafogo, em um jogo onde o goleiro Jefferson se destacou retornando aos gramados após 13 meses, com grandes defesas e pegando penal.


No encerramento da rodada, em 10/07, o Sport venceu em grande estilo o Coritiba, em pleno Couto Pereira, por 3x0. Os gols foram marcados por Mena (que teve grande atuação), Rogério e Walisson Maia (contra).  O Leão da Ilha e o Cruzeiro foram os que se deram melhor na rodada, subindo 6 posições cada, com seus triunfos. Já o inverso aconteceu com o Vasco, que perdeu 4 posições com a derrota para o Flamengo.

Resultados

Sábado, dia 08/07:

Atlético-GO 1x2 Vitória
Vasco 0x1 Flamengo
Corinthians 2x0 Ponte Preta

Domingo, dia 09/07:

Chapecoense 1x1 Atlético-PR
Cruzeiro 3x1 Palmeiras
Grêmio 0x2 Avaí
Bahia 1x1 Fluminense
Botafogo 1x1 Atlético-MG
Santos 3x2 São Paulo

Segunda, dia 10/07:
Coritiba 0x3 Sport


CLASSIFICAÇÃO

1
Corinthians
32
2
Flamengo
23
3
Grêmio
22
4
Santos
20
5
Palmeiras
19
6
Sport
18
7
Cruzeiro
17
8
Fluminense
17
9
Atlético-MG
17
10
Vasco
16
11
Botafogo
16
12
Coritiba
16
13
Ponte Preta
15
14
Atlético-PR
15
15
Chapecoense
15
16
Bahia
12
17
Vitória
12
18
Avaí
12
19
São Paulo
11
20
Atlético-GO
7


13ª Rodada


Quarta-feira, 12/07:

Atlético-MG x Santos
Ponte Preta x Bahia
Fluminense x Botafogo
Palmeiras x Corinthians
Atlético-PR x Cruzeiro
Vitória x Vasco

Quinta-feira, 13/07:

Flamengo x Grêmio
São Paulo x Atlético-GO
Sport x Chapecoense
Avaí x Coritiba




É apaixonado pelo seu time, tem visão de jogo e gosta de escrever? Venha ser um cronista torcedor, saiba como curtindo e entrando em contato através de nossa página: Jovens Cronistas! (Clique) 








Compartilhe:

Gervasio Henrique

Jovem jornalista, 23. Ciente de que a batalha está começando e mais certo ainda de que lutará com todas as forças por seus ideais. Maior intimidade com esporte, automotivo e cultural. "Sem sonhos não há vida".

Deixe seu comentário:

0 comments so far,add yours