Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor SÃO PAULO - Engatou a primeira e a segunda!


Brasileirão 2017 - Rodada 3 - São Paulo 2 x 0 Palmeiras

Olá, Tricolores Trimundiais!!!! Tudo bem? Acho que sim depois daquela feijoada de sábado e a digestão que durou o domingo inteiro a gente até abre um sorriso na segunda-feira, né? rs Teve festa de debutante no clássico. 15 anos!!! Quem diria?

Pois, bem! Vamos falar um pouco do clássico Choque-Rei, no Morumbi. 

Ceni montou a seguinte equipe titular: Renan Ribeiro; Lucão, Maicon, Rodrigo Caio; Marcinho, Jucilei, Cícero e Junior Tavares; Cueva, Luiz Araujo e Lucas Pratto.

Um time posicionado para se defender, mesmo em casa. Estratégia positiva e inteligente sabendo que o adversário tem um melhor elenco e rápido. O que não fez com que a partida fosse interessante. Pelo menos até o gol no segundo tempo. No primeiro tempo tanto Cuca quanto Ceni foram comedidos e batalharam pelo meio-campo. Bastou um chute de Jean e outro de um desvio de Juninho contra a própria meta. Ah! Houve uma cobrança de falta de Cueva perto da linha de fundo que ele chutou direto pro gol, mas o goleiro Prass conseguiu desviar para frente. Destaque para batalha Luiz Araujo x Mina, onde o menino levou vantagem e o meio-campo foi, em maior parte, de domínio palmeirense, mas sem ímpeto para ir ao ataque.

No segundo tempo o início foi devagar. Aos 6 minutos, uma cobrança de escanteio para o São Paulo. Disputa por espaço entre Cícero e Felipe Melo. Neste lance os dois se empurram com o corpo, Felipe Melo, mais à frente, sente que Cícero o prende e no mesmo momento a bola passa pelo palmeirense com a mão erguida que desvia a bola. Na sequencia Cícero tenta sair da marcação e o defensor alviverde cai no chão. Para os tricolores mão na bola e penalti. Para os palmeirenses e o árbitro falta de Cicero. Para mim: não houve força suficiente ou alavanca que eu notasse e justificasse a queda de Felipe Melo. A mão levantada antes poderia significar tentativa de encontrar equilíbrio ou foi mesmo penalti. O juizão foi pela certeza ou não quis polêmica.


Aos 17 minutos Marcinho dá uma bela assistência para Lucas Pratto chutar cruzado e mandar a bola entre Prass e a trave. Golaço!!!! Em poucos minutos Jucilei disputa bola com Jean dentro da área. Os dois caem e para o juiz foi pênalti. Jean assumiu a responsabilidade e cobrou para fora. Ceni tirou Cueva e colocou Thomaz. Lucão quase fez o segundo num cruzamento de Junior Tavares, mas Prass conseguiu pegar. Aos 30, Cuca tirou Felipe Melo e Apostou em Borja. Com a equipe tricolor mais bem postada  foi questão de tempo para encontrar o segundo gol. Lucas Pratto deu bela assistência pelo meio para Luiz Araujo que só chutou firme. Prass deixou passar por baixo do seu corpo e sacramentou a vitória Tricolor. Para conservar o placar e os jogadores Ceni tirou Pratto e colocou Militão depois Luiz Araujo por Chavez. Fim de papo!!!


O que os 33 mil torcedores viram ninguém esperava. Muito menos os palmeirenses. Foi um jogo chato que ganhou corpo devido aos gols. A estratégia nos contra-ataques e a movimentação de Luiz Araujo e Pratto facilitam bastante. Basta o Cueva jogar o que sabe para tudo se jeitar lá na frente. Já na zaga vimos como fica diferente o São Paulo com três zagueiros. Principalmente com o Jucilei não fica sozinho para dar o primeiro combate. Parabéns ao Marcinho que apoiava Jucilei, mas tinha liberdade para subir e deu uma bela assistência para o primeiro gol. Vale uma nova oportunidade!!!

Teremos agora a Ponte Preta com um time bem montado e perigoso. Eles empataram com o Atlético-MG, no Horto. Uma semana inteira para descansar e ajustar o time. Ceni parece te entendido como o São Paulo funciona. Quero ter a certeza já no próximo jogo. Já engatamos a segunda marcha, vamos acelerar?

Parabéns, Palmeiras! 15 anos! Muitos anos de vida! Michel Bastos...sacomé, né? Aquele abraço! rs

Nenhum comentário