Banner 1

JC Agora

Papo de torcedor SANTOS - Feliz Aniversário, Peixe!


Recentemente, estava passando por um período estressante na vida e decidi que não ia comemorar meu aniversário. Por sorte, minha esposa me convenceu a fazer uma festa petit comitê com minha família e amigos de infância. E foi assim que com 30 anos na cara, eu aprendi que sempre se deve comemorar seu dia, não importa quão triste você esteja, porque é uma oportunidade para as pessoas que gostam de você demonstrarem isso através de presença e/ou presentes.

Bom, eu não posso estar presente fisicamente pra cortar o bolo do Santos porque não sou bróder de ninguém da diretoria nem comissão técnica - se fosse, talvez estivesse com um contrato de dois anos pra sentar no banco usando a camisa 30 - mas eu amo muito desse time e gostaria de escrever algumas linhas como presente, especialmente nessa hora triste onde o time em campo só nos dá presentes de grego.




A coisa mais fácil que tem é se apaixonar pelo Santos. Quando nosso time dá show, até os rivais torcem pela gente - desde que não seja contra o time deles. Rival só fala com a gente quando a gente perde, senão eles fogem - difícil quando a melhor piada que podem fazer é dizer que nossos torcedores são idosos. Porque o Santos não se resume a vitórias. Já disse aqui antes que o brasileiro não gosta de futebol, mas sim de vencer - tirar sarro do colega do lado, cantar de galo, mandar zoeira no whatsapp. Mas isso não basta pro Santos. O Santos é um time meio sobrenatural - não à toa joga de branco, um branco liso, que fica mais bonito quanto menos maculado estiver (nessa hora a gente ignora alguns absurdos tipo um calção xadrez e outro com estrelas). A gente pára guerras, a gente faz gol (o primeiro time da história a fazer 10 mil gols, o primeiro a fazer 12 mil, e não pretendemos perder a liderança tão cedo), a gente joga só primeira divisão e a gente revela jogador. Histórico. O maior de todos os tempos, inclusive, veio daqui. Porque a gente não gosta só de ganhar. A gente gosta de dar show.

Por isso, cada vez que um coitado tira sarro da gente por conta de pouca torcida, eu respondo com algum insulto, mas na verdade estou rindo por dentro. Porque não adianta tentar explicar pro ser humano desavisado que ser santista não é uma opção, é um privilégio. Pra ser santista precisa ser perfeccionista, precisa gostar do espetáculo, do ataque, enfim, gostar de dar show. Não basta aquele meio a zero suado com gol de carrinho na lama - isso é não fazer mais que a obrigação. Pra ser santista não pode se contentar só com a vitória. Santista só fica feliz de verdade ganhando de 3, 4, 5, dando pedalada, caneta, passe de calcanhar, chapéu com a sola do pé, fazendo fila, é passar no meio do adversário, fazer gol e pular no alambrado (sdds alambrado da vila). Ser santista é estar na pista Premium - você tem que pagar caro por isso, tem que merecer.

Pra ser santista você tem que tolerar diretoria vendendo seus craques e comprando jogador bosta com o dinheiro. Você tem que aturar alguns perebas da base que saem na entressafra dos caras bons. Você tem que enfrentar momentos do time sem ter dinheiro e por consequência ter mais medo que confiança no seu time. Você tem que assistir ao presidente/técnico/diretor apresentar aquele reforço que tem uma cara de pereba, jeito de pereba, histórico de pereba e fazer um pensamento positivo pra que não jogue como um pereba. E todo mundo sabe: pra cada Alberto tem dez Nilsons, Val Baianos, Marcelos Peabirus, Trípodis, de Nigris, enfim... o santista, como é um cara de altas expectativas, também é um cara que tem que ter muita tolerância à frustração.

E às vezes naquele momento de frustração extrema, como quando seu time é o único dos grandes eliminado antes da semi do Paulista, você se pergunta como consegue amar um time que maltrata tanto seu coração.

Aí acontece uma coisa dessas e tudo o que você consegue sentir é a felicidade extrema por torcer pra um time que vive pra fazer essas coisas. Porque títulos vão e vem. Mas dar show é eterno.


Parabéns pra esse clube que faz parte da nossa vida, das nossas veias, da nossa alma. Parabéns pra esse clube que volta e meia nos faz chorar de alegria porque é tão FUCKING lindo de ver. São os deuses do futebol se manifestando pra nós, humanos.

Parabéns Santos!!

Nenhum comentário