Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - A atuação foi melhor que o resultado

Pessoal, mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir o empate entre Internacional e Corinthians, pelo jogo de ida da quarta fase de Copa do Brasil. O time fez uma boa partida, mas acabou sofrendo um gol em casa e agora precisará marcar gols no jogo de volta, para tentar a classificação.

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; William, Victor Cuesta, Léo Ortiz e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenilson (Gutiérrez), Uendel e D'Alessandro; Brenner (Carlos) e Nico Lopez (Valdivia). O time vem em seu esquema idealizado por Antônio Carlos Zago, o 4-3-1-2, que mostrou ir bem na partida de hoje, mas confesso que para mim falta alternativas a armação de jogadas do time.


No primeiro tempo, tivemos um jogo bem disputado, mas o 0 a 0, não saiu do placar. O Corinthians teve boas oportunidades com Romero e Maycon, onde em ambas, Marcelo Lomba fez grande defesas e o Inter teve boas chances com Cuesta e com Edenilson, em que Cássio evitou o gol e contou com a sorte, na bola que explodiu na trave.


No segundo tempo, aos sete minutos, após troca passes, Guilherme Arana cruzou rasteiro, a cruzou a área do Inter e encontrou Romero, que chutou para marcar o 1 a 0. Aqui a defesa colorada teve uma desatenção completa, desde William, que permitiu o cruzamento, dos zagueiros, que não interferiram na jogada e de Carlinhos, que não marcou Romero e permitiu a finalização.


A resposta do Internacional foi rápida e aos 11 minutos, D'Alessandro bateu escanteio curto para Nico López, que cruzou na primeira trave para Rodrigo Dourado, que se antecipou a Pablo e cabeceou para empatar a partida. Eu que estava no estádio, bem próximo ao lance, como sempre, pude comemorar o gol, bem próximo aos jogadores.


Aos 30, o Corinthians teve a bola do jogo, com Giovanni Augusto, que recebeu livre, avançou com a bola e chutou para grande defesa de Marcelo Lomba, que assim garantiu o 1 a 1. Lomba aliás era criticado sem razão por parte da torcida colorada, os torcedores se esquecem que ele foi contratado lesionado e que teve que segurar o rojão, naquele péssimo momento do clube no ano passado, neste ano já recuperado espero que ele possa ir bem e substituir com qualidade a Danilo Fernandes.


Zago ontem pensou bem o time, mas acho que pecou nas alterações, tirou Nico López, que era um dos poucos que chutava a gol e penso que ontem ele deveria ter posto Roberson e para mim apostou em Carlos, erradamente. 

Pelo menos Antônio Carlos Zago esta mostrando finalmente a evolução no time e com seu sistema de jogo, mostra um Inter com boa troca de passes e com um meio-campo ocupado pelos jogadores das funções. Pode não ser a minha formação preferida, mas espero que ele continue dando consistência a equipe.

Meu pensamento é que deveríamos ter um outro meia a auxiliar D'Alessandro e penso que nos falta mais arriscar chutes da intermediária. O time fica muito com a bola mas não acaba efetivando finalizações contundentes a gol. Ontem achei que abusamos dos cruzamentos. 

O resultado não foi bom, mas acredito que o time pode sim marcar gols no jogo de volta, até porque o Inter nesta temporada tem marcado muitos gols, será um jogo complicado e só espero que não tenhamos qualquer tipo de interferência na partida de volta, espero um jogo "jogado", como tivemos esta grande partida no Beira-Rio.


Tenho que lamentar o comportamento da Brigada Militar contra torcedores do Inter que aguardavam a chegada do ônibus do clube, no já famoso Ruas de Fogo, celebrado pelos torcedores. Houve truculência por parte da polícia, e tivemos correria, bombas de efeito moral e spray de pimenta. Os policiais forçaram a liberação da Avenida Padre Cacique, que foi bloqueada pela torcida para a celebração da chegada do time, mas parece que os policiais, tiveram total despreparo, para tal celebração.

Com o resultado, o Inter precisará marcar gols na Arena Corinthians, na próxima quarta-feira, se quiser se classificar as oitavas da Copa do Brasil. O 0 a 0, favorece ao Timão e qualquer empate com gols, a partir de 2 a 2, classifica o Inter. Quem vencer avança a próxima fase. Mas antes no sábado, o Inter recebe o Caxias, pelo jogo de ida das semi-finais do Gauchão.

Nenhum comentário