Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Futebol de Mentira??


Amigos! Nação Corinthiana! O termo pode parecer (e é pra ser mesmo) pesado. Desculpem, mas é essa a impressão que fica das ações do time, tanto dentro, como sobretudo fora de campo. Neste meio de semana tivemos um futebol animador e uma ótima atuação de Jadson na vitória por 3 x 1 ante nin..Digo, ante o Linense. Mas aí vem o Sábado 01 (de Abril) e a atuação acomodada e tenebrosa ante o Botafogo/RP que terminou em 0 x 0 e a pergunta, o que é verdade e o que é MENTIRA? Devemos crer que os bons resultados em clássicos e boas atuações contra alguns frágeis adversários mostram a evolução do time, ou nas atuações burocráticas que denunciam as fragilidades do elenco?


No meio de semana o time atuou muito bem, ante um adversário que (ao menos fora dos gramados) já demonstrou não ter culhões, entregando ao SPFC a possibilidade de atuar nos dois confrontos das quartas de final em casa, o que é um absurdo e precisa ser terminantemente abolido, aliás, já houveram movimentos nesse sentido, não entendemos a ainda existência dessa brecha.

Mas ao que interessa que é o campo e bola, foi uma grande atuação de Jadson como já dito na introdução, com um gol, uma assistência perfeita para Romero e a centralização das ações de ataque, Arana também fez outra de suas grandes partidas dando assistência para o gol de Léo Jabá. O goleiro Caíque recebeu chance e foi também destaque, claro que o substituto natural de Cássio é Walter, mas é bom ver que temos um goleiro de ótimo nível aí pro futuro, mais um de nossa ótima escola do eterno Solitinho. 


E então veio o "Dia da Mentira" e com ele um futebol absolutamente mentiroso. O time parece ter entrado em campo para empatar ante o time onde Sócrates surgiu. Se tivesse de ter havido um vencedor seria o adversário, que levou até que um bom público ao Santa Cruz, mas isso não importa, um time que quer lutar por títulos e por vaga na Libertadores (no mínimo, visto que atualmente temos "350" vagas via Brasileiro) precisa se impor ante um time que disputará a Série C onde quer que seja.

Mas o nosso camisa 12 que vem nos dando calafrios, trabalhou e trabalhou bem na partida, muito mais do que Neneca aliás, a lavadeira Ribeirão-pretana agradeceu e o time virá na partida de volta com um ferrolho, buscando os penais ou quem sabe um gol numa estocada. O triste foi ver Arana, Fagner e outros repetindo a palhaçada que vimos um tanto antes, quando David Braz creditou sua derrota, sua incompetência e sua falha ao "gramado", se fosse em um TERRÃO o Corinthians teria de jogar mais, isso só endossa a nossa "tese" de que o problema não é o tal do "Futebol Moderno" e sim os que o fazem, o futebol é o mesmo ontem, hoje e seguirá assim, aliás, evoluindo inclusive tática e fisicamente. Em suma, atuação péssima do time com a bola nos pés e com o microfone ante a face, é preciso jogar muito mais pra ter chance ante a Universidad de Chile pela Sulamericana. 


Fora de campo também só se pode crer que é MENTIRA o que acontece. Marlone foi DOADO ao Galo em troca de Clayton, que não é mau jogador, mas que claro, atua numa faixa muito mais restrita e tem muito menos potencial e poder de decidir uma partida que o ex-camisa 8, uma troca onde o time se APEQUENOU ante o adversário de MG. Surgiu agora algo em torno da ida de Giovanni para o Inter em troca de Valdívia (o que JOGA, o original) seria tolice demais o Inter aceitar isso e como lá não há Roberto de Andrade, certamente a negociação esfriou e se dá a DESCULPA de que se confia demais no potencial do atleta. E não se confiava no de Marlone? O que é verdade, o que é mentira, em que/quem acreditar? Você leitor e torcedor se atreveria a responder tais perguntas?




Curta nossa página: Jovens Cronistas! (Clique)


Foto: GazetaPress. 



Nenhum comentário