Banner 1

JC Agora

Mais SP - Semana do Gestor #10

Vamos acompanhar semanalmente o mandato do prefeito tucano João Dória à frente da Prefeitura de São Paulo. O Gestor, como ele bem frisa, terá muito trabalho no comando da maior cidade da América Latina, e estaremos atentos a todas as suas ações. Portanto, todo sábado, traremos aqui um compilado do que o mandatário realizou em suas atribuições.



10ª Semana Tapa buraco com o Roger do Ultraje à sem fantasia na Sé





Dória passou à tarde de sábado (04), no Campo Belo, Zona Sul. Lá, trajado de gari e acompanhado do cantor Roger da banda Ultraje a Rigor, deu inicio ao famigerado Tapa-buraco na sua gestão. Segundo o prefeito, serão utilizadas mais de 370 toneladas de massa asfáltica, em uma ação que contará com a colaboração de todas as 32 prefeituras regionais. Ainda segundo Dória, o contingente de funcionários sofreu um aumento no efetivo de 31 para 75 pessoas por equipe de reparo, além de um novo acordo que exige das concessionárias responsáveis pelo recapeamento que a cada metro aberto para o conserto, elas recapeiem 50 metros da mesma via, independente da qualidade. 


No domingo, o bafafá envolvendo Maira Machado Frota Pinheiro, suplente de vereador do PT na Câmara de Vereadores, ainda soltava burburinhos e foi uma espécie de presente, mesmo que involuntário, para o prefeito. A garota de 26 anos, estudante da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, foi pega pichando muros na região central da cidade, em plena madrugada de sábado (04), o primeiro dia da regulamentada lei que obriga pichadores a pagarem R$ 5 mil caso sejam pegos praticando o vandalismo em propriedades particulares e R$ 10 mil em espaços públicos.  A jovem chegou a ser detida e teve que assinar um termo assumindo a autoria das pichações. O projeto enviado pelo prefeito à Câmara e aprovado por 51 dos 55 vereadores, é a arma que Dória precisava para o seu embate com os admiradores do pixo. O prefeito chegou a comentar, por redes sociais, o caso da petista como uma infelicidade e tristeza, já que Maira faz parte do primeiro escalão da Casa Legislativa Municipal. “É triste constatar que pessoas com potencial construtivo utilizam seu tempo e energia para degradar a cidade”, comentou o prefeito que viu sua lei ser aplicada, pela primeira vez, em um caso envolvendo uma petista, opositora de seu Governo.  Pela tarde, Dória esteve em Perus, na Zona Norte, reparando calçadas, plantando arvores e convocando a população para o trabalho de zeladoria da cidade. 


Na segunda-feira (06), o prefeito esteve na Rádio Jovem Pan para ser entrevistado pela bancada do Jornal da Manhã. Além de discursos políticos, Dória gerou conteúdo para os canais da direita extremista nas redes sociais. De olhos brilhando e retórica pronta disparou contra a ocupação realizada pelo MTST em frente ao escritório da Presidência da República, na Av. Paulista. Em sua fala, o prefeito foi veemente e por vezes duro em relação a esse tipo de ocupação, mas, felizmente, quando chegou a quinta (09), equipes da Prefeitura foram até a Paulista e os integrantes já tinham deixado o local. Segundo Dória, houve uma conversa, dialogo que somente um bom “gestor” conseguiria realizar, com o movimento.  Na realidade, de acordo com a Mídia Ninja, as reivindicações dos manifestantes foram aceitas pelo Presidente Temer que, em outras ações, terá que voltar a atrás na decisão de não realizar a contratação de casas populares do Minha Casa Minha Vida. De certa forma vitoriosos, não havia razão para continuar, mesmo com o hipotético dialogo do prefeito com os manifestantes. 
 
Imagem: Reprodução/Instagram

No segundo dia útil da semana, Dória realizou a doação do seu segundo salário à frente da Prefeitura. No valor de R$ 17. 948,00, o cheque gigante de showbiz foi entregue a GRAACC, projeto que promove assistência a crianças com câncer. Pela Tarde, reuniu-se com os vereadores para trocar aquele famigerado papinho da governabilidade.  


Estranhamente, enquanto o prefeito continuava sua caminhada gestacional à frente da Prefeitura, a TV Globo o pressionou ininterruptamente por dois dias. Em seus telejornais locais, a Globo foi verificar denuncias de que os remédios anunciados por ele na 6ª Semana, naquela parceria com grandes empresas farmacêuticas, não chegaram às farmácias de UBS e AMAS da cidade. Paralelamente, a emissora ainda realizou reportagens especiais apontando o descaso com obras de creches e escolas públicas pela cidade. 
Imagem: QUADRINSTA (@Quadrinsta no Instagram)


E realmente, Dória chegou a 10ª semana sem anunciar, discursar ou, ao menos, publicar algo em suas redes sociais em relação às obras de escolas e hospitais deixadas pela gestão passada. Estranhamente, ele tenta mudar o foco e sem demonstrar qualquer apreço pelo grave problema da falta de hospitais públicos, ele segue apenas com a sua “Coruja”, que há tempos não dá noticia, como solução na área da saúde e o Nossa Creche na Educação. Ao mesmo tempo que a omissão do prefeito espanta, ele, sem muitas explicações, transferiu R$ 30 milhões que seriam destinados a prevenção de enchentes e para a construção e manutenção de terminais de ônibus, para a recente Secretária de Desestatização da Prefeitura. Em tese, a pasta tratará de elaborar bons projetos que viabilizem a passagem, por meio de concessões, de espaços públicos para a iniciativa privada, ou simplesmente, vender aquilo que, para essa gestão, for considerado gasto. Enfim, ela existe para aliviar os cofres, mas de uma vez só, levou R$ 30 milhões. Talvez o comerciante Dória estivesse precisando de “troco no caixa”. 
 
Imagem: QUADRINSTA (@Quadrinsta no Instagram)

Ainda essa semana, reuniu-se com representantes da DELL, POSITIVO INFORMÁTICA E CISCO para a instauração da Secretária de Inovação e Tecnologia que, até onde sabemos, deverá melhorar o WI-FI dos espaços públicos, já que o prefeito diz apenas em “cidade mais digital e inteligente” e isso é, minimamente, muito vago. Apresentou os novos uniformes dos agentes da CET, que deixaram de serem “marronzinhos” e passarão a ser os “amarelinhos”. Para o prefeito, além do aspecto visual dos uniformes, as novas roupas trarão mais "segurança e conforto térmico" para os agentes. Mudanças apenas nos uniformes, pois as pistolas continuam bem centralizadas e direcionadas. Ainda na quarta (08), divulgou a instalação de alguns banheiros do Estou aqui para te tirar do aperto pelas feiras livres, ainda em fase de testes.


Na quinta-feira (09) à noite, seu programa no Facebook, o Olho no Olho, recebeu o jornalista e historiador Marco Antônio Villa para, de acordo com o prefeito, comentar, discutir e responder questionamentos sobre os métodos dele à frente da Prefeitura.
 
Imagem: Reprodução/Instagram

Ontem, sexta (10), esteve pela manhã no primeiro encontro das Associações de Bairro da cidade. Ainda pela manhã, recebeu o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM- SS), e juntos anunciaram o repasse de R$ 27 milhões do Governo Federal que, segundo Dória, serão investidos na compra de computadores, tablets, impressoras 3D e sistemas de informação para a rede publica municipal. É claro, se houver escola e se o “caixa” da Secretária de Desestatização não precisar. Na hora do almoço foi à feira livre da Praça Charles Miller, no Pacaembu, onde comeu um pastel e, em seguida, testou o Estou aqui para te tirar do aperto. À tarde foi ao Albert Einstein visitar a atleta olímpica, Larissa Oliveira, ferida essa semana após uma arvore cair sobre o seu carro, na quarta-feira (08). Ela passou por uma cirurgia e está com estado clinico equilibrado. 
 
Prefeito degustando de um pastel; Foto: Instagram/João Dória

Hoje, sábado (11), o prefeito tinha programado mais uma etapa do Cidade Linda, dessa vez na Praça da Sé, região Central, mas não rolou de trajar o uniforme alaranjado ou esverdeado de gari com muita felicidade, já que, de acordo com o Jornalistas Livres,  moradores de rua protestavam contra a sua presença e ele, mesmo sob muitas vaias, desceu do carro e iniciou a limpeza do marco zero. 

Nenhum comentário