Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor PALMEIRAS - Pouco futebol, mas muito resultado


Caros palestrinos, mais um papo de torcedor do verdão aqui nos Jovens Cronistas para tratar da vitória importantíssima diante do Internacional no Allianz Parque pela 34ª Rodada do Brasileirão 2016. Uma vitória que foi construída no primeiro tempo e administrada com muito suor e dedicação, ainda longe de ser aquele Palmeiras envolvente, mas o time se entregou em campo, valendo a fibra, disposição, garra, etc. Vamos ao jogo.

Palmeiras foi a campo com Jaílson, Jean na lateral, Vitor Hugo e Mina na zaga, Zé Roberto na esquerda, Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier no meio campo e Dudu, Jesus e Roger Guedes no ataque. Moisés suspenso foi uma dificuldade para o Palmeiras criar algumas jogadas. A partida começou muito disputada, com o Inter se postando atrás da linha da bola para impedir subidas do Palmeiras. Teve bastante sucesso no começo quando o verdão não conseguia penetrar na defesa adversária, sendo obrigado a quase toda hora recuar a bola no campo defensivo.

O alívio veio aos 17 minutos do primeiro tempo quando Dudu cobrou escanteio e a bola sobrou para Cleiton Xavier botar o Palmeiras em vantagem. O gol desmanchou a estratégia de Celso Roth para ficar cozinhando a partida e o Inter começou a sair do campo de defesa, carregado por Anderson que quase sempre buscava Aylon no ataque. Mas a marcação do Palmeiras dava o bote na hora certa e não deixava o colorado dar a conclusão para as jogadas. Palmeiras poderia ter ampliado, caso Danilo não fizesse excelente defesa em bola de Vitor Hugo.

Veio a segunda etapa e os dois técnicos mexeram: Roth colocou Sasha no lugar de Ceará e Cuca colocou Alecsandro no lugar do Roger Guedes. Com isso, o apagado Gabriel Jesus foi para o lado do campo, com o Alec fazendo o pivô para prender mais a bola no ataque. A melhor chance do segundo tempo surgiu com Anderson em arrancada que Jean conseguiu atrapalhar o jogador colorado na conclusão. Cleiton Xavier sentiu uma pancada no ombro e foi substituído por Fabiano, deslocando Jean para o meio de campo. Roth então colocou Diego e Valdívia, mas não acrescentaram muito na criação do time gaúcho.

Muito dedicado e ótimo na marcação, Thiago Santos sentiu desgaste e foi substituído por Gabriel para reforçar a marcação. Gabriel Jesus ainda desperdiçou ótima oportunidade para fazer 2x0, mas Danilo Fernandes fez excelente defesa para a bola rebater na trave. Depois disso, botes certos na defesa e algumas bolas presas no ataque fizeram o tempo passar a favor do verdão. Vitória fundamental, dura e fim de papo.

Palmeiras não foi bem ofensivamente mais uma vez. Dudu errou tudo que tentou, Jesus até se esforçou, fez algumas boas jogadas, mas longe de ser aquele com quem estamos acostumados. Time um pouco tenso no começo, mas com o gol a tensão passou para o lado vermelho. Se por um lado o time do Palmeiras foi mal ofensivamente, na marcação foi bem; muitos desarmes, pouco espaço para o ataque colorado e o destaque principal vai para Thiago Santos que foi um monstro na marcação. Mexidas hoje foram inteligentes, mas ainda espero ver mais futebol desta equipe.

Próxima rodada é contra o Atlético Mineiro fora de casa, mais um jogo duro e que teremos que jogar mais futebol. Temos que mostrar foco total no Campeonato Brasileiro enquanto que o foco deles está mais na Copa do Brasil que no Brasileirão. Sabemos bem disso em 2015, não é mesmo? Hora de crescer jogando bola é agora!

Nenhum comentário