Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - 3-5-2, vitória tranquila e qual nossa dupla de ataque ideal?

Pessoal, mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas, para repercutir a vitória do Inter no jogo de quarta-feira contra o Aimoré pela 10ª rodada do Gauchão, onde vimos os titulares jogarem em uma nova formação, o 3-5-2 e para primeiro teste foi um bom resultado, uma vitória com tranquilidade por 3 a 0.

O Internacional foi escalado com Alisson, Ernando, Juan e Réver, Léo (Jorge Henrique), Nicolás Freitas, Nilton, Alex (Alisson Farias) e Fabrício, Sasha e Lisandro López (Vitinho). Onde Juan atuou como o zagueiro pelo centro dos três e permitiu que os alas Léo e Fabrício, tivessem mais liberdade para atacar, sem se preocupar tanto em defender. Com dois volante na proteção da defesa e com Alex na armação, e com dois atacantes Sasha e Lisandro, que mostraram um bom entrosamento

O Inter teve a iniciativa do jogo e correu poucos riscos, ao longo dos 90 minutos e não teve um forte teste para a sua nova formação. Aos 3 minutos, Alex cruzou em cobrança de falta e Réver cabeceou com perigo por cima. Aos 9, Alex cruzou e encontrou Sasha, que cabeceou para defesa de Marcelo Pitol. Aos 12, Réver cabeceou após cruzamento de Léo e concluiu para outra defesa do goleiro.

penalti
Fabrício em duas oportunidades, realizou cruzamentos para Lisandro López que em ambas cabeceou, sem direção. Aos 25, após boa jogada, Léo chegou a linha de fundo e cruzou e o zagueiro Diego Rocha desviou e marcou gol contra e o Inter chegava ao 1 a 0. O Inter quase ampliou aos 32, Alex escorou de cabeça e Lisandro López, chutou com estilo, colocando a bola rente à trave direita Aos 36, Sasha virou a bola para a área e Lisandro concluiu de voleio para defesa do goleiro do Aimoré. O Aimoré, teve uma oportunidade aos 45, onde Réver travou o chute de Rennan.
reuniao2
Com a vantagem no placar, no 2º Tempo, o Inter, quase ampliou em cobrança de falta de Alex aos 6. Dois minutos depois, Fabrício cruzou da esquerda para Lisandro López, que deu um toque de primeira para Eduardo Sasha que finalizou sem chances e o Inter chegava aos 2 a 0.
reuniao3
Aos 22 Sasha quase marcou de cabeça. Aos 30, após sobra de uma cobrança de escanteio, Réver acertou um belo chute que carimbou a trave e, no rebote, voltou para Fabrício dominar e chutar com tranquilidade e garantir a primeira goleada colorada, de 2015. 

Para um teste o 3-5-2 funcionou, mesmo que o Aimoré, não tenha causado grande ameaça, mas o esquema anterior o 4-2-3-1, o Inter estava sofrendo para vencer os times do interior e devemos saldar, termos vencido, sem sofrer gols. Lembrando que a defesa colorada é uma das piores da Libertadores, valeu o teste. 

Para o final de semana o Inter deverá ao esquema antigo, o modorrento 4-2-3-1, até mesmo porque deverão ser escalados os reservas, e é jogo para Lisandro López que não poderá jogar contra o Emelec, pois não foi inscrito. O provável time deverá ser com Muriel, Cláudio Winck, Paulão, Alan Costa e Geferson, João Afonso, Rodrigo Dourado, Jorge Henrique, Valdívia, Alan Ruschel e Lisandro López.


Se for confirmado o 3-5-2, contra o Emelec, o time deverá ser muito parecido com o time que enfrentou o Aimoré, pois dos lesionados, quem poderá retornar acredito que seria apenas Aránguiz. Sobre o ataque, deverá ser com Sasha e mais um, que pode ser Vitinho, pois não sei se Nilmar vai para o jogo. Por falar nisso, quero ver como Aguirre vai resolver a questão do ataque, pois o normal seríamos ter Nilmar e Lisandro como dupla ideal, mas Eduardo Sasha é o melhor jogador do Inter em 2015 e não mereceria sair do time.

O Internacional chega 16 pontos e esta na 6ª colocação do Campeonato Gaúcho. No próximo domingo, o Inter enfrenta o Brasil de Pelotas, em um jogo complicado em Pelotas. Mas o jogo de grande importância para o Colorado é na próxima quarta-feira, contra o Emelec, pela Libertadores,

Nenhum comentário