Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Vitória "pro gasto", e o "fico" de Jadson!


Amigos, Nação Corintiana, vamos hoje falar sobre mais uma tranquila vitória do Corinthians pelo Paulistão, dessa vez encarando o Linense fora de casa, e falaremos também sobre o assunto que deu o que falar nos últimos dias, e que no texto anterior já teve uma pincelada, que é Jadson, que recusou "proposta da China" e segue no Timão.


Tite segue agindo com muita inteligência, fazendo um revezamento dos atletas para sempre contar com quem está mais descansado, com isso ganha em desempenho, e roda o elenco de qualidade que tem, hoje mesmo os melhores em campo foram reservas, jogadores que são peças de reposição no grupo como Mendoza e Petros, autores dos gols da vitória por 2 x 0, o badalado Vagner Love foi titular (Guerrero ficou no banco) e se movimentou bem, apesar de não ter uma atuação nada especial.

O Corinthians saiu na frente cedo e controlou o jogo, não teve tanta intensidade, demorou para ampliar o placar e matar o jogo, tivesse enfrentado um adversário mais forte poderia ter tido dificuldades, mas teve mais volume de jogo e mereceu a vitória que o mantém tranquilo na liderança do grupo, nada que anime, fizemos nossa obrigação apenas.

Um aspecto que gostaria de abordar, Love foi titular no meu entendimento por conta do revezamento feito por Tite, não tem um trabalho que já credencie á tomar a posição de Paolo, mesmo com o alerta que aqui já fizemos sobre as recentes atuações estranhas do Peruano, isso pode até ocorrer na sequência do trabalho, mas ainda não é a hora, além do fato de que tínhamos uma boa oportunidade para testá-los juntos, fica para uma próxima.

Outra observação é sobre o Colombiano, estou lendo muita coisa e espero que seja mais no âmbito da brincadeira, até por que estou lendo de gente inteligente. Vejam, o menino é veloz, é esforçado, enfim, mas falta muito á ele, faltam fundamentos, ele é um garoto, que veio de um futebol de nível técnico bem inferior, botou na frente da defesa do Linense (é bom que se diga) e foi pro abraço, será que em defesas de nível de Brasileirão, de mata-mata de Libertadores e de Mundial FIFA ele terá essa facilidade? Evidente que não, então vamos ter calma, o menino é um velocista de garra, como tantos outros, deu muita sorte de cair num Corinthians, pois em outro clube no Brasil ou em sua terra dificilmente ele receberia o que recebe aqui, então vamos com calma, tomara que ele cresça como jogador e seja um 2º atacante efetivamente pronto para a titularidade no Corinthians, afinal Sheik já está na reta final da carreira.


Vamos falar então sobre a permanência de Jadson; Vejam, particularmente acreditamos que o camisa 10 tem qualidade, porém é um jogador inconstante (lembra Douglas nesse aspecto), joga quando sente motivação, quando é essencial pro time, precisa que as coisas girem em torno dele, por isso, com o contrato vencendo ao fim do ano, 31 anos, acreditávamos que apesar de não haver reposição no mercado, seria aceitável a negociação, visto o que foi colocado pela Direção, se a multa foi paga, não há o que fazer, e ai a peça teria de ser reposta no meio do ano para a disputa do Brasileiro e do Mundial.

Porém, foi muito interessante ver a atitude do atleta, a motivação do atleta em ficar, Tite teve certamente grande papel nisso, o jogador se sente confiante com as atuações e o apoio do técnico, e crê que finalmente poderá fazer jus a camisa que usa, a 10. Por fim, quero colocar que não creio nas conversas que no meu entendimento são veiculadas por sites apenas na busca de audiência, de chateação de atleta, de "empurrar" atleta pra fora, chegou proposta que supria a multa, tínhamos de liberar, e o atleta quis ficar, será útil e é uma atitude em que o atleta ganha mais respeito ainda da torcida, bola dentro fora de campo do camisa 10.


Curta nossa Página: Jovens Cronistas! (Clique)


Nenhum comentário