Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor INTER - Emoção até o fim

Pessoal, mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas, repercutindo a última rodada do Brasileirão 2014, em que o Inter foi heroico e lutando até o fim em Florianópolis contra o Figueirense, buscando a virada, aos 50 minutos, que garantiu o Internacional diretamente na Fase de Grupos da Libertadores 2015.

O Inter foi a campo em um 3-6-1, com Alisson, Ernando, Paulão e Alan Costa (Taiberson), Wellington Silva, Willians, Aránguiz, Alex (Gustavo Ferrareis), Valdívia (Wellington Paulista), Alan Ruschel e Rafael Moura.

O jogo começou bastante truncado em com forte calor, e o Inter teve boas chances com Alan Ruschel, aos 4 e aos 10 minutos. O Figueirense equilibrou o jogo teve algumas chances mas o placar não saiu do 0 a 0.

No intervalo, com os resultados o Inter estava ficando na 4ª Colocação, pois o Corinthians vencia o Criciúma por 1 a 0, com um gol irregular e os visitantes haviam tido um gol legítimo anulado e parecia que o "destino" não queria que o Inter conseguisse êxito.

No inicio do 2º Tempo o Figueirense veio com tudo e Alisson fez importante defesa logo a 1 minuto, mas aos 4 minutos, Pablo recebeu passe e abriu o placar para os donos da casa. Depois Abel Braga, tirou os meias Alex e Valdívia e o zagueiro Alan Costa, para as entradas de Gustavo Ferrareis, Taiberson e Wellington Paulista, para o tudo ou nada.

O Figueirense quase chegou aos 2 a 0 aos 30 minutos com Marcão, mas Alisson fez grande defesa. Depois o Figueirense teve França expulso após falta em Taiberson e assim o Inter com um mais partiu para o tudo ou nada.


Após cobrança de escanteio de Taiberson, aos 41 minutos, Rafael Moura cabeceou firme no ângulo e fez o 1 a 1, marcando seu 8º gol no Brasileirão e o 19 º da Temporada. Depois o Inter acabou tendo Alan Ruschel expulso aos 43 minutos e tivemos 10 contra 10. Ainda aos 47 minutos, tivemos a confusão entre Nirley e Wellington Paulista, que acabaram expulsos, ficando 9 contra 9.


Quis o destino que aos 50 minutos, Paulão fizesse grande lançamento e Wellington Silva ganhasse da marcação e chutasse cruzado para fazer o 2 a 1, no gol que valeu 1,2 milhões a mais nos cofres do Internacional e a presença na Fase Grupos, no Grupo 4, ao lado de Emelec, Universidad do Chile e o vencedor de Monarcas x The Strongest.


A lamentar a confusão no fim da partida em que os jogadores Tiago Heleno, que dizem que vem pro Grêmio, se vier vai ser uma alegria e França que tentaram agredir o árbitro da partida, se não fosse He-Man, o proteger, não sei o que seria dele, espero que recebam forte punição do STJD. Pelo jeito a mala branca era bem grande para o Figueira.


Muito bom que o Internacional tenha alcançado seu objetivo e agora é comemorar a presença na fase de grupos, que dará mais tranquilidade ao inicio da Temporada 2015. Como teremos eleições na próxima semana teremos que esperar, pois se for Marcelo Medeiros ele confirma Abel Braga no comando Colorado, se for Vitorio Pifero, possivelmente o treinado venha a ser Tite, que nesta semana veio desmentir a imprensa que havia pedido R$ 900 mil.


Para encerrar não posso deixar de falar sobre um dos grandes ídolos da história do Internacional, Índio, que decidiu aposentar-se nesta semana. Ele que teve 10 temporadas a frente do Internacional e conquistou o Gauchão em 2005, 08, 09, 11, 12, 13 e 14, as Libertadores de 2006 e 2010, o Mundial de Clubes da Fifa de 2006, a Recopa Sulamericana em 2007 e 2011, a Copa Sulamericana 2008, com 391 partidas e 33 gols, sendo nosso zagueiro com mais gols na história do clube. 

Muito obrigado Índio de fazer parte da história Colorada.

Abraços a todos e até mais um Papo de Torcedor INTER, aqui no Jovens Cronistas.


Nenhum comentário