Banner 1

JC Agora

Papo de Torcedor CORINTHIANS - Ufa! Permanecemos no G4!


          Um jogo bastante equilibrado (especialmente no primeiro tempo), faltoso (saldo final com mais de quarenta faltas). Não poderíamos esperar menos de um jogo onde uma vaga no G4 estava em disputa e, desta vez, o Timão levou a melhor na Arena Corinthians, pois com o empate o clube paulista permanece em quarto lugar na tabela do Campeonato Brasileiro. Todos esperavam, obviamente, uma vitória para apagar o mau desempenho dos últimos jogos e também por ser dia 31, ou seja, o dia que antecede o aniversário de 104 anos do Todo Poderoso, comemorado no dia 1 de setembro mas infelizmente e por algumas razões que serão apontadas logo abaixo, isto não foi possível.

          A primeira etapa foi bastante equilibrada, nos primeiros minutos o Corinthians manteve sua equipe no campo de ataque, em contrapartida, o Fluminense, assim como ao longo de todo jogo se aproveitava dos contra ataques para dar uns bons sustos ao alvinegro. Antes da metade da primeira etapa o tricolor carioca já passou a controlar mais a partida, com mais posse de bola porém sem muitas finalizações. Aliás, num jogo tão equilibrado, especialmente no primeiro tempo não tivemos muitas finalizações. O primeiro susto do jogo ficou por conta de um chute de Ángel Romero, numa cobrança de escanteio de Jadson na metade do primeiro tempo. Ángel Romero, inclusive, não sei se é pela pouca idade ou emoção (já mencionada por ele em entrevistas) de jogar num time como o Corinthians, precisa pensar mais em suas jogadas, bem como reaver a questão do coletivo, pois tem sido um pouco individualista. Voltando ao jogo, após o susto o Flu resolveu "dar o troco" no lance do escanteio e foi pra cima. Em um destes momentos, quando o tricolor chegava ao gol representado por Wagner, foi interceptado por Gil na área e sofreu o pênalti. Fred cobrou e abriu o placar na Arena Corinthians. Ao longo do primeiro tempo vimos muitas falhas no time do Corinthians, especialmente com os meias. Lodeiro e Elias apáticos, este último se movimentou um pouco mais no final da segunda etapa mas não o suficiente. Estaria ele assim por conta de seu mau posicionamento (novamente atrás de Ralf, o que me deu um "bug" ao pensar no propósito de Mano Menezes com isso), para se poupar para a seleção brasileira ou estava sentido algum mau físico? Isto jamais saberemos. Ainda falando em problemas de meio, Jadson, assim como em partidas anteriores, se manteve apático e em quase todas as vezes em que pegou na bola foi para realizar passes errados. Lamentável! O início do segundo tempo começou diferente em termos de escalação. Mano Menezes tirou Lodeiro e colocou Renato Augusto em seu lugar. Aproveito a oportunidade para elogiar Renato Augusto pela excelente partida! Deu o passe para o gol que rendeu o empate ao Corinthians, criou jogadas para outros lances importantes, realizou chutes a gol. Que ele mantenha a regularidade e volte a ser o Renato Augusto que conhecemos, aquele de antes das lesões... Sentimos sua falta! De volta ao jogo, Mano Menezes novamente acerta ao substituir o "invisível" Jadson por Luciano, a fim de tornar o time mais ofensivo. E acertou! O Timão ficou mais ofensivo, ganhou mais espaço no ataque, pressionando mais, ainda que o tricolor não tenha se abatido e se aproveitado dos contra ataques de forma proveitosa durante todo o jogo, que só não ampliou devido à já conhecida eficiência de Cássio. O empate do Corinthians veio aos quase 30 minutos do segundo tempo, com Romarinho, num chute cruzado. No final da segunda etapa, o treinador corintiano coloca Fagner em lugar de Ferrugem, este que não fez uma boa partida se comparada às demais em que participou. O alvinegro permaneceu pressionando em busca de vitória, o que quase aconteceu num lance extraordinário que levou a torcida corintiana ao delírio. Mais uma vez num passe dele, Renato Augusto, para o menino Romero, num chute forte no travessão.


          O destaque da partida, mais uma vez, vai para as falhas de arbitragem. No primeiro tempo em dois lances de falta contra Lodeiro, um deles inclusive digno de cartão amarelo, não marcados, o suposto gol mal anulado do Fluminense e o suposto pênalti não marcado em cima de Luciano, num lance com o goleiro tricolor. Todos sabem que quando o assunto é reclamação excessiva com a arbitragem sou extremamente contra e nem quero fazê-lo mas, não apenas neste jogo, não apenas em jogos do Corinthians mas pelo o que tenho visto em tantos outros jogos a CBF deveria se atentar mais à reciclagem de seus árbitros!


          Sobre o Corinthians, ainda falta mais raça, ousadia. Muitas reclamações com arbitragem e pouca ação. A falta de opção tática é notória bem como a postura do elenco dentro de campo em várias oportunidades, reflexo da postura de seu treinador. Mano Menezes ainda parece perdido no que diz respeito à esquema tático, o que é preocupante, pois no meio de campeonato o treinador gaúcho ainda tem claras dificuldades. Sentimos novamente e muito a ausência de Paolo Guerrero, nosso "jogador multi funções" e os desfalques de jogadores importantes nos próximos jogos preocupam.

          O próximo compromisso do Corinthians será na próxima quarta-feira contra o time do Bragantino, pela Copa do Brasil. O Todo Poderoso precisa vencer por uma diferença de dois gols para seguir em frente no torneio. Esperamos que o presente pelos seus 104 anos possa vir com uma vitória! Boa sorte, Timão!


Nenhum comentário